#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Drive-through mancha atuação de Khodair no DF


Piloto da SER-Glass Vogel sai de briga pelo campeonato após punição quando ocupava o "top 10" na corrida deste domingo

Um drive-through quando ocupava o "top 10" tirou de Allam Khodair a possibilidade de brigar pelo título de 2012 da Copa Caixa Stock Car. O piloto da SER-Glass Vogel viu sua ótima corrida de recuperação em Brasília ser atrapalhada pela punição, que aconteceu justamente no momento em que o Japonês Voador armou o bote em cima de diversos rivais ao mesmo tempo.

Na longa reta entre as curvas 1 e 2 do anel externo do Distrito Federal, Khodair buscava tirar proveito do botão de ultrapassagem contra outros três carros, quando um deles, o de David Muffato, acabou bloqueando seu espaço; como resultado, o piloto paulista foi forçado a colocar meio carro na grama e, por conta do impulso extra do "push-to-pass", conseguiu efetuar a múltipla ultrapassagem; contudo, a Direção de Prova o puniu por exceder os limites da pista.

"Realmente, fui um pouco agressivo. Tinha pressionado o 'push', havia espaço para mim mas, quando coloquei dentro, o Muffato fechou. Teria de frear no meio da reta para escapar, mas optei por tentar tirar do lado para ver se ele me via. Ele não viu, acabei jogando para a grama e ficou a critério dos comissários", comentou o piloto da SER-Glass Vogel, que ressaltou o bom início de prova.

"A corrida começou como eu previa, foi muito bom, ganhei várias posições na largada e estava em um ótimo ritmo. Mas aqui todos andaram muito juntos e, com poucos acionamentos do 'push', ficou complicadíssimo. Caso contrário, dava para ter chegado ao pódio", analisa Khodair, que agora concentra seu foco na Corrida do Milhão, que acontece dia 9 de novembro em Interlagos, pista onde largou da pole neste ano, em etapa realizada no mês de abril.

"O campeonato já foi. Estava bem difícil, mesmo, e agora vamos buscar o milhão. É o maior evento do ano, com um prêmio superimportante, que vale o milhão, o prestígio e o retorno dos patrocinadores. Estamos confiantes, marcamos a pole na outra corrida em Interlagos, não temos nada a perder e vamos para a vitória", completa o Japonês Voador, que, mesmo fora dos pontos, se manteve em nono na tabela de classificação do campeonato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!