GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

"Em casa", Nelsinho Piquet deseja seguir fazendo história na Nascar


Brasileiro encerra a temporada nesta sexta em Miami com patrocinador novo, chassi vencedor e de olho no prêmio pelo maior número de poles na Truck Series

Nelsinho Piquet completa nesta sexta-feira a temporada 2012 da Truck Series com chance de ser o primeiro estrangeiro na história da Nascar a terminar o ano com o maior número de poles em uma divisão nacional da principal competição do automobilismo americano. 

E o brasileiro nem precisa largar em primeiro para garantir, em sua segunda temporada completa na Nascar, o troféu Keystone Light Pole Award e o prêmio de US$ 25 mil.

Se os trucks #3 ou #22 não fizerem a pole nesta sexta, Piquet Jr nem sequer precisará entrar na pista para assegurar a premiação. Com as duas poles consecutivas nas últimas duas etapas da temporada (Texas e Phoenix), Nelsinho saltou a quatro no ano isolando-se na liderança do ranking. Anteriormente, o dono da picape #30 tinha sido pole nas etapas do campeonato em Rockingham e Pocono.

Pilotos da equipe RCR, Ty Dillon (#3) e Joey Coulter (#22) têm três poles cada um e precisam do melhor tempo na tomada em Miami para igualar a marca do brasileiro e então superá-lo no critério de desempate (pontuação na temporada).

"Nosso final de temporada está muito forte e não penso em outra coisa além da vitória em Miami. Foi a cidade que escolhi para morar em 2010, quando fiz minhas primeiras provas na Nascar. Tenho muitos amigos e alguns familiares em Miami, que provavelmente é a cidade mais ‘brasileira’ dos EUA. Então a sensação é de correr em casa", conta o piloto.

Neste final de semana, a equipe Turner equipou o Chevrolet Silverado #30 com o chassi TMS-222, o mesmo usado pelo brasileiro em sua última vitória na categoria, em Las Vegas dia 29 de setembro.

"Nosso programa em pista de 1,5 milha melhorou bastante na segunda metade da temporada. E a pista de Miami tem características que me agradam bastante", diz Nelsinho. Ele competiu uma vez no circuito de Homestead pela Truck Series: largou em terceiro e terminou em quarto lugar no ano passado, em prova abreviada pela chuva. 

O autódromo de Miami foi também palco de sua primeira corrida pela equipe Turner. No ano passado, após anunciar o contrato com o time para 2012, o brasileiro ocupou um dos carros da Nationwide Series da escuderia na prova de encerramento da temporada.

Outra novidade para a última corrida do ano é uma cara nova para o truck #30 nesta etapa, com a pintura rosa em homenagem ao novo patrocinador principal, a Loteria da Flórida. "Espero que dê sorte", brinca o brasileiro, lembrando que em Las Vegas, a capital do jogo nos EUA, foi feliz com o mesmo chassi e uma pintura diferente da usada na maioria das provas em 2012.

Além do título de pole positions, com Nelsinho, a equipe Turner entra na etapa final como favorita também ao título de pilotos, com James Buescher. O dono da picape #31 chega à corrida decisiva com 11 pontos de vantagem para o vice-líder no campeonato e precisa de apenas um sétimo lugar para ficar com a taça de 2012.

A prova de Miami vai ainda selar outras premiações da Nascar, envolvendo Piquet Jr e Buescher. As picapes #30 e #31 estão empatadas com 209 pontos no ranking de melhor fornecedor de motor do ano. O #3 tem um ponto a menos.

Nelsinho ainda lidera o "Most Improved Driver Award", com 4 pontos ao lado de Johnny Sauter. O prêmio é conferido ao piloto que mais posições avança em relação a seu resultado anterior. Aqui, o brasileiro leva vantagem sobre o concorrente na pontuação no campeonato. Mas como o dono da picape #13 acabou a prova de Phoenix em 25º lugar e Nelsinho em oitavo, em tese, o americano tem maior chance de aprimorar seu resultado em relação à corrida passada.

Por fim, a corrida de encerramento da temporada em Miami, coincide com o término da enquete para piloto mais popular da Truck Series. O levantamento é feito por uma votação no site oficial da Nascar. A exemplo do que aconteceu em 2011, o brasileiro chegou à prova final como um dos cinco mais votados.

Se vencer a votação de piloto mais popular da categoria, Piquet Jr será o segundo estrangeiro eleito em toda a história da Nascar. O título de 2010 foi do indiano Narain Karthikeyan, que mobilizou seus compatriotas para uma participação histórica, comparável às indicações do chinês Yao Ming como titular do Jogos das Estrelas da NBA.

Todas as atividades de pista para as picapes estão programadas para sexta-feira. O único treino livre é as 14h. O qualificatório está marcado para 19h30 e a corrida de 134 voltas (201 milhas), para 23h. O Fox Sports exibe a prova ao vivo e com exclusividade para o Brasil, abrindo a transmissão meia hora mais cedo.


Classificação no campeonato (top-10)
1. J. Buescher 777
2. T. Peters 766
3. T. Dillon 765
4. J. Coulter 748;
5 P. Kligerman 740
6. M. Crafton 727
7. N. Piquet Jr. 706
8. J. Lofton 675
9. J. Sauter 639
10. M. Paludo 629 


Sobre a Nascar Truck Series

A Nascar Camping World Truck Series é uma das três categorias de abrangência nacional da Nascar e é disputada desde 1995 por picapes em provas que acontecem apenas em pistas ovais. 

Atualmente, há quatro fornecedoras de caminhonetes para a categoria: Chevrolet, Ford, Dodge e Toyota. A temporada de 2011, vencida por Austin Dillon, foi disputada por mais de 40 pilotos. As corridas tiveram, em média, 33 mil pagantes.

A temporada de 2012 terá 22 provas. Começou em Daytona e termina em 16 de novembro, em Homestead (Miami). 


Sobre a Nascar

Fundada em 1948 por William Henry Getty France, a Nascar (National Association for Stock Car Auto Racing) é a mais tradicional categoria do automobilismo nos Estados Unidos. É a competição profissional líder em público pagante e segunda colocada em termos de audiência na TV americana. 

Ela possui três categorias de disputas nacionais, além de inúmeras outras em divisões locais, que configuram a base da cultura do automobilismo competitivo nos EUA.

A principal categoria é a Nascar Sprint Cup Series, que tem 36 provas ao longo do ano. O atual campeão é Tony Stewart.

A outra divisão da Nascar é a Nascar Nationwide Series, que teve sua temporada inaugural em 1982. Seus carros são bastante parecidos com o da Cup, só que com potência inferior. Neste ano, Nelsinho Piquet corre algumas provas dessa categoria pela equipe Turner. Foi nesta divisão que ele obteve a primeira vitória de um brasileiro nas categorias nacionais da Nascar, em Road America.



Contato
Luís Ferrari
55 11 98666 8307

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!