#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Mauro Auricchio disputa Copa das Federações depois de ótima atuação na final do Skusa


Piloto buscará também uma vaga no Troféu Academia da FIA ou na Copa das Américas

Depois de cumprir mais um compromisso no kartismo internacional, desta vez nos Estados Unidos, o ítalo-brasileiro Mauro Auricchio (La Bufalina) disputará durante esta semana a 2ª edição da Copa das Federações. A competição, idealizada e supervisionada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), é reservada para pilotos que tenham sido campeões ou vice-campeões em eventos pré-determinados pelas federações estaduais durante esta temporada.

A Copa das Federações será realizada no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano (MG). Mauro Auricchio conquistou sua vaga ao sagrar-se vice-campeão da categoria Sudam Júnior no Campeonato Sul-Brasileiro, mas disputará o último nacional do ano na categoria Júnior.

Ao mesmo tempo, no entanto, Auricchio competirá pela Sudam Júnior na seletiva que definirá os representantes brasileiros no Troféu Academia da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e na Copa das Américas. "Serão compromissos difíceis, pois apenas campeões e vices estarão na disputa. Mas acredito que teremos condições de lutar pelo título da Copa e pelas vagas da Seletiva", garante Auricchio, que no Brasil compete pela Nelsinho Racing, do preparador Nelsinho.

Mauro Auricchio, atual campeão brasileiro da Júnior, disputou a 16ª edição do Skusa, o mais importante evento do kartismo americano, a cerca de duas semanas. A competição foi disputada em seu tradicional reduto, em uma pista montada no estacionamento do Hotel Rio, em Las Vegas, e dela participaram quase 500 pilotos de todo o mundo.

Competindo na TaG Júnior, que reuniu 80 pilotos, Mauro Auricchio (La Bufalina) esteve sempre entre os 10 primeiros colocados nos treinos oficiais. Na tomada de tempos ele terminou em 10º, apenas dois décimos de segundo mais lento que o pole-position. Porém, devido a falta de lacre em um dos pneus traseiros, ele acabou desclassificado e teve que largar da 40ª posição nas três provas classificatórias.

Mas, com belas corridas de recuperação, o representante de Guaratinguetá (SP) - nascido na Itália - terminou as provas em 5º, 20º e 12º, respectivamente, e garantiu sua participação na final, em 25º, sem ter que passar pela repescagem. Auricchio fez ótima largada na final e logo aparecia na 12ª posição, dois décimos de segundo mais rápido que seus concorrentes. Porém, quando estava em 5º, a duas voltas do final, foi tocado e tirado da corrida, abandonando a luta pelo título inédito.

"Não tivesse havido o toque o Mauro certamente teria terminado pelo menos no pódio. Ele fez uma grande final e merecia ter conquistado um troféu", lamenta Alain Sisdeli, "coach" de Mauro Auricchio. "Agora vamos em busca do título na Copa das Federações e das vagas no Troféu Academia ou Copa das Américas", finaliza.

KG COM Assessoria de Comunicação - Erno Drehmer (MTb/RS 14.706)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!