#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

12 Horas de Tarumã: Após acidente, Matheus Tercetti passa bem e finaliza 12h de Tarumã em 3º lugar

Primeira participação do mineiro nas 12 Horas de Tarumã foi marcada por problemas no classificatório, forte acidente na corrida e pódio na sua categoria. 

(Tarumã, RS) - O mineiro Matheus Tercetti (Granja Ovo Novo / GT-ONE Press Brazil / Lacaille Race Management) fez sua estreia nas 12 Horas de Tarumã, uma das mais tradicionais provas de endurance do Brasil esse final de semana pela HT Guerra, onde compartilhou o Spyder Race n° 913 com o carioca Carlos Estites e o paulista Ricardo Gargiulo.

Devido a um problema com o protótipo, não foi possível participar do treino classificatório na quinta-feira; mesmo assim a equipe trabalhou forte e colocou o carro na pista durante o último treino livre do dia, que foi suficiente para ajustar o carro para a prova.

Na sexta-feira, devido a forte chuva sob o autódromo gaúcho de Tarumã a equipe decidiu utilizar a pista molhada para ajustar os faróis do carro e realizar alguns testes prevendo a possibilidade de parte da corrida acontecer sob essa condição climática. “Treinamos pouco, mas o carro está muito confiável. Acredito que todas as falhas mecânicas já ocorreram, e ainda bem que foram nos treinos. Estou muito confiante para a corrida, teremos 12 horas de prova e o objetivo é terminar entre os três da categoria”, comentou Matheus.

A largada tradicional da prova aconteceu a meia-noite de sábado para domingo, onde Carlos Estites largou com o protótipo da HT Guerra, com o mineiro Matheus Tercetti assumindo a cockpit após uma hora e vinte minutos de prova.

Após duas horas e trinta de corrida, um problema no tanque foi verificado durante o abastecimento e a equipe trabalhou para o reparo da peça e assim devolver o carro o mais rápido possível para a pista. Durante o reparo, um vazamento de etanol ocorreu, encharcando o macacão do jovem piloto mineiro que permanecia no carro.

Após cinco voltas, com o carro novamente na pista, Matheus Tercetti conduzia o Spyder Race n° 913 na primeira colocação na categoria III e oitavo lugar na geral, sendo um dos mais rápidos na pista. Novamente um problema de queda de pressão do combustível e o piloto acionou a bomba reserva para permanecer na pista.

Devido aos gases do etanol inalado pelo piloto durante o tempo que permaneceu para o reparo do carro nos boxes e ao seu macacão permanecer com o forte cheiro, Matheus Tercetti sofreu um desmaio quando contornava a curva 9 de Tarumã reduzindo a velocidade; uma BMW que vinha logo atrás não conseguiu desviar e colidiu com o piloto a certa de 180 km/h.

Rapidamente o piloto mineiro foi removido para o posto médico do autódromo para verificações de rotina e liberado após 3 horas já reestabelecido fisicamente e sem sofrer qualquer outro problema.

Com a vantagem importa enquanto estava na pista, o trio da HT Guerra finalizou a prova na 3ª colocação em sua categoria (categoria III), finalizando a edição 2012 das 12 Horas e Tarumã com a meta inicial estabelecida.

“Infelizmente tivemos alguns problemas e o acidente durante a prova nos impediu de completar as 12 Horas de Tarumã. Mesmo assim considero positiva minha participação e o 3º lugar conquistado nessa tradicional corrida; vamos para a próxima, acelerar sempre”, finalizou o jovem piloto mineiro.

As 12 Horas de Tarumã foi vencida pelo MRX n° 10 de P. Ventura / J. Cardoso / F. Toleto / G. Martins / C. Almeira após 467 voltas.

Confira o resultado final das 12 Horas de Tarumã:

1º) 10 – P.Ventura/J.Cardoso/F.Toledo/G.Martins/C.Almeida (I , MXR), 467 voltas em 12:00:12.154 (média de 118,23 km/h)
2º) 111 – C.Belleza/V.Jr/P.Rutzen/O.Menezes/J.Puhl (IV , Maserati), a 7 voltas
3º) 9 – R.Kreuz/R.Kreuz/J.Kreuz/J.Batista (I , MXR), a 8 voltas
4º) 3 – C.Crestani/F.Mello (IV , Maserati), a 21 voltas
5º) 122 – Halmenschlager´s/R.Bonora/F.Daver (V , Gol), a 24 voltas
6º) 12 – F.Nose/F.Trennepohl/C.Spagnol (V , Corsa), a 31 voltas
7º) 5 – G.Andrade/P.Castro/B.Justo/J.Andrade (I , Tubarão), a 38 voltas
8º) 143 – P.Machado/M.Voges/R.Tissot (IV , Opala), a 38 voltas
9º) 11 – A.Diehl/G.Dal’Bosco (V , Gol), a 38 voltas
10º) 1 – F.Roso/V.Roso/F.Stédile/C.Ricci (I , Tango), a 65 voltas
11º) 25 – N.Faustini/E.Ferreira/R.Garcia (IV , Montana), a 88 voltas
12º) 19 – V.Daudt/F.Poeta/D.Rosa/M.Stumpf/C.Kray (I , Lamborguini), a 102 voltas
13º) 27 – R.Machado/S.Pereira/C.Pereira (I , MXR), a 104 voltas
14º) 30 – R.Dilser/R.Constantino/R.Castro (IV , Linea), a 113 voltas
15º) 113 – R.Muller/G.Matzenbacher/C.Schwartz (V , Gol), a 135 voltas
16º) 51 – E.Postal/I.Eberle/T.Junior (V , Logus), a 150 voltas
17º) 28 – J.Moro/P.Hoerlle/C.Castro/M.Castro (I , MRX), a 185 voltas
18º) 77 – A.Lima/F.Baretta/R.Tardivo (V , Gol), a 197 voltas
19º) 50 – A.Cipriani/A.Rossi/E.Azevedo (V , Volvo), a 209 voltas
20º) 21 – L.Cardoso/L.Junior/J.Cardoso/V.Zanbon (V , Gol), a 209 voltas
21º) 7 – D.Scarton/I.Silveira/C.Ricci (III , Spider), a 234 voltas
22º) 110 – J.Migliavacca/N.Migliavacca/S.Cardoso (IV , Maserati), a 250 voltas
23º) 78 – E.Narciso/J.Bastos/H.Ott (II , Stilo), a 253 voltas
24º) 96 – H.Kohl/M.Veloce/E.Santo/N.Teixeira/R.Xavier (III , MCR), a 272 voltas
25º) 4 – F.Bertuol/J.Salton/D.Marini (I , MXR), a 298 voltas
26º) 18 – F.Poeta/G.Bianchesi/R.Sandoval/A.Silveira (IV , Ferrari 430), a 323 voltas
27º) 31 – P.Fontes/M.Prado/J.Fontes (V , Fusca), a 352 voltas
28º) 88 – Ricardo Terres (V , Gol), a 359 voltas
29º) 177 – D.Elias/R.Apolo (V , Gol), a 363 voltas
30º) 2 – Sandro Loff (III , Spider), a 364 voltas
31º) 55 – Wagner Santos (V , Chevette), a 372 voltas
32º) 22 – J.Machado/C.Andrade/V.Steyer (IV , BMW), a 373 voltas
33º) 81 – Niltão Amaral (V , Passat), a 374 voltas
34º) 913 – M.Tercetti/C.Barros/R.Gargiulo (III , Spider), a 391 voltas
35º) 89 – R.Stumpf/J.Frigeri/E.Rodrigues (III , Spider), a 396 voltas
36º) 54 – Pedro Avila (V , Corsa), a 414 voltas
37º) 8 – M.Soares/A.Soares (III , Spider), a 424 voltas
38º) 46 – J.Santana/V.Genz/G.Bianchessi/R.Sandoval (I , MCR), a 461 voltas

Melhor Volta: J.Moro/P.Hoerlle/C.Castro/M.Castro, 1:01.171 (178,84 km/h)

O piloto Matheus Tercetti tem patrocínio da Granja Ovo Novo, apoio do GT-ONE Press Brazil e gerenciamento da carreira pela Lacaiile Race Management (LRM).

Foto: Matheus Tercetti ao lado do Spyder Race n° 913 da HT Guerra - Fonte: Divulgação

Vitor Garcia .'. GT-ONE Press Brazil
"Velocidade sem limites" 
Contato: (11) 7805-1777 / (11) 96841-7613 / (11) 98639-1937
ID: 55*100*235935
Twitter: @pressgtone | @garciavitor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!