#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Copa Peugeot de Rally: Etapa de Santa Catarina define os campeões da temporada


Disputas pelas estradas de Blumenau e Indaial coroaram as três duplas campeãs da competição. Fabio Dall'Agnol e Gabriel Morales ficaram com o título na categoria 207 Super. Rodrigo Mello e Pedro Eurico venceram na 207 Master, enquanto Felipe Muller e Gerson Lange foram os campeões na 206

Fabio Dall Agnol e Gabriel Morales
Terminou em Santa Catarina no último fim de semana (1 e 2 de dezembro) a temporada de 2012 da Copa Peugeot de Rally. A competição, que encerrou no domingo passado o décimo campeonato de sua história, levou à região provas dos ralis de velocidade e de regularidade, que foram disputadas por estradas das cidades de Blumenau e Indaial.

A grande expectativa do fim de semana girou em torno da definição dos campeões de 2012, já que em nenhuma das três categorias em disputa o título havia sido definido por antecipação. Mesmo depois das provas de sábado, a temporada permaneceu aberta, o que tornou as especiais (trechos cronometrados) de domingo ainda mais emocionantes.

Depois de uma vitória no primeiro dia do rali em Santa Catarina, a dupla Fabio Dall’Agnol e Gabriel Morales nem precisou voltar ao alto do pódio no domingo para confirmar o título na categoria 207 Super. Com um segundo lugar na prova de número dois do fim de semana, o piloto gaúcho e o navegador do Distrito Federal chegaram a 118 pontos na tabela. Luccas Arnone e Felipe Costa, do Paraná, ficaram em segundo no campeonato com 110, enquanto a dupla Rafael Túlio/Gilvan Jablonski, também do Paraná, completou o pódio em terceiro, com 102 pontos.

"Chegamos para esta etapa em desvantagem no campeonato, como azarões mesmo. A gente sabia que os líderes viriam fortes, mas como os nossos principais adversários tiveram problemas no sábado, soubemos aproveitar essa oportunidade para assumir a liderança. As especiais deste ano foram muito duras, exigiram muita navegação e, por isso, tentamos manter concentração máxima até o final", disse Gabriel Morales, que em 2009 já havia conquistado o título da Copa Peugeot como navegador.

A vitória no segundo dia de competições em Indaial ficou com o pentacampeão da Copa Peugeot, Rafael Túlio, e seu navegador Gilmar Jablonski. A dupla campeã não precisava vencer a prova final para ficar com o título e, por isso, correu de olho no regulamento apesar de andar forte em todas as especiais. 

"Depois do primeiro dia ficamos mais perto do título, mais eu ainda tinha medo de acontecer alguma coisa com o carro ou, de repente, de cometer um erro mesmo neste último dia, por isso só deixamos para comemorar quando o resultado se confirmou. Tivemos que ter muita cabeça, muita calma, e conseguimos traçar uma estratégia perfeita. É meu primeiro título da Copa Peugeot depois de três terceiros e um vice-campeoanto, e estou muito feliz por isso", disse Dall’Agnol, que já venceu os campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Rally.

Pela categoria 207 Master a disputa foi emocionante ao ponto do título mudar de mãos diversas vezes durante as especiais de domingo. Com problemas no sábado, a dupla campeã formada pelos brasilienses Rodrigo Mello e Pedro Eurico precisava de uma combinação de resultados para chegar ao título.

"Começamos o ano sem terminar as primeiras provas, com 22 pontos de desvantagem para os líderes, e começamos a remar a partir da segunda etapa. Chegamos a esta última etapa com 12 pontos de liderança, mas logo na primeira especial errei uma freada, batemos, o carro quebrou e não marcamos pontos. Com isso, não só perdemos a dianteira, como ficamos oito pontos atrás dos líderes restando apenas as especiais de domingo", relembrou Mello. "A gente dependia de uma combinação de resultados, porque além da nossa vitória na prova final, nosso principal adversário teria de chegar em terceiro. Quando vi que o Júnior (Siqueira) e o KZ (Morales) abandonaram no mesmo ponto em que eu e o Pedro saímos no dia anterior, fiquei um pouco mais tranquilo, mas só comemoramos mesmo o título quando chegamos no parque fechado e passamos pela vistoria", acrescentou o piloto.

Superando a falta de intimidade com o percurso em razão do abandono no começo do primeiro dia, Mello e Eurico conseguiram a vitória na última prova e chegaram a 106 pontos no campeonato - resultado que deu à dupla o bicampeonato da Copa Peugeot. Ricardo Malucelli e Hamilton Castro, que abandonaram neste domingo, ficaram com o vice-campeonato a dois pontos dos líderes. Júnior Siqueira e KZ Morales completaram o pódio com 90 pontos ganhos ao longo das cinco rodadas da temporada.

"O pior para a gente nessa disputa final foi entrar na especial sem saber direto como ela era, pois quebramos da metade para o final do primeiro trecho cronometrado no primeiro dia", disse o navegador brasiliense. "O levantamento não estava encaixando, mas revisamos todos os trechos e entramos com a cabeça focada em fazer a nossa parte. Neste último dia ainda chegamos a rodar no primeiro trecho, mas a nossa terceira especial foi muito boa. Vestimos o carro mesmo. Na última passada ainda tivemos um susto no final, quando escapamos restando cinco curvas para terminar o rali, mas deu tudo certo", acrescentou Pedro Eurico.

O final da categoria 206 foi igualmente surpreendente. Ao contrário do que erroneamente foi divulgado no sábado, a dupla Jean Pimentel / Thiago Osternack venceu o primeiro dia de competições em Indaial e ficou bastante próxima do título. A prova de domingo, no entanto, reservava surpresas para os líderes, que abandonaram a disputa final ainda na segunda especial do dia.

Mostrando grande evolução ao longo da temporada, o estreante piloto Felipe Muller e seu navegador Gerson Lange faturaram não só a prova de domingo, mas também o título na categoria 206 ao alcançarem 114 pontos no campeonato. Jean Pimentel e Thiago Osternack ficaram em segundo com 107. Hugo Alves e Kaique Bentivoglio fecharam o ano em terceiro, com 99 pontos.

"Como meu navegador já tinha grande experiência em ralis, isso me ajudou a desenvolver um pouco mais rápido as técnicas de pilotagem, e é muito bom chegar ao título já em meu ano de estreia. No primeiro dia desta final tivemos um problema no carro que nos tirou da briga direta pelo título, e só tínhamos esperança de vencer se os líderes abandonassem no domingo. E foi o que aconteceu. Tivemos azar no primeiro dia, mas no segundo tivemos a sorte de vencer o campeonato", disse Felipe Muller.

Campeão em 2007 e navegador de diversos pilotos na Copa Peugeot nos últimos anos, Gerson Lange disse ter ficado surpreso com o resultado em razão da pouca experiência da dupla. 

"Em nosso ano de estreia, a gente não esperava chegar ao título. Este era para ser um ano de aprendizado, mas fechamos a temporada com chave de ouro. Tivemos problemas no sábado, o que acabou complicando um pouco o nosso campeonato, e dependíamos de um único resultado para o domingo, que felizmente acabou acontecendo", encerrou Lange. 

Em 2012, a Copa Peugeot de Rally teve etapas nas cidades de São Carlos (SP), Poços de Caldas (MG), São José dos Campos (SP), Ponta Grossa (PR) e Blumenau/Indaial (SC). Veja como terminaram os campeonatos de pilotos e de navegadores na décima edição do evento.

207 Super - Pilotos
1) Fabio Dall'Agnol (RS), 118 pontos
2) Luccas Arnone (PR), 110
3) Rafael Felix Tulio (PR), 102
4) Clecio Maestrelli (PR), 88,5
5) Chiquinho Galucci (SP), 51,5
6) Eduardo Barros (MG), 45
7) Rafael Lopes (DF), 41,5

207 Super - Navegadores
1) Gabriel Morales (DF), 118
2) Felipe Costa (PR), 110
3) Gilvan Jablonski (PR), 102
4) Gilson Rocha (PR), 56,5
5) Humberto Gallucci (SP), 53,5
6) João A. Ribeiro (GO), 43,5
7) Sandro Maestrelli (PR), 32
8) DamonAlencar (SP), 23

207 Master - Pilotos
1) Rodrigo Mello (DF), 106 pontos
2) Ricardo Melo Malucelli (PR), 104 
3) Junior Siqueira (SP), 90
4) Marlon Goulin (PR), 77
5) Dimas de Melo Pimenta III (SP), 74
6) Emerson Destro (SP), 55,5
7) TonyKranzegger (SP), 35
8) Alexandre Silveira (DF), 24
9) Moises Nivoloni (SP), 22
10) Rafael Lopes (DF), 17
11) Francisco Stahlschimidt Jr. (PR), 13,5
12) Jean Shaicoski (PR), 6
13) Chiquinho Galucci (SP), 4

207 Master - Navegadores
1) Pedro Eurico (DF), 106
2) Hamilton Castro (PR), 104
3) KZ Morales (DF), 90
4) AdrianoPaulin (PR), 77
5) Rodrigo Konig (SP), 74
6) Sergio Avallone (SP), 55,5
7) Francis Herrero (SP), 35
8) Bruno Borgonovi (SP), 27
9) Perci Hultman (PR), 13,5
10) Joao Vitor Ribeiro (GO), 12 
11) Paulo Bomba (SP), 10
12) Andrey Karpinski (SP), 6
13) Damon Alencar (SP), 4

206 - Pilotos
1) Felipe Muller (SC), 114
2) Jean Marcos Pimentel (PR), 107
3) Hugo Cater Alves (SP), 99
4) Heitor Valero Pavesi (PR), 80 
5) Marco Malucelli (PR), 71,5
6) Silvio Bizaroli (SP), 35
7) Luciano Ferrarini (PR), 32
8) Toninho Genoin (SC), 30
9) Marcus Cotton (SP), 19,5
10) Thiago Carbonel (SP), 17,5
11) Cristiano de Camargo (SP), 3

206 - Navegadores
1) Gerson Lange (SC), 114
2) Thiago Osternack (PR), 107
3) Kaique Bentivoglio (SP), 99
4) Guilherme Trombini (PR), 71,5
5) Norberto Calliari (PR), 43
6) Selma Kadota (SP), 35
7) Giovani Bordin (RS), 32
8) Cesar Valandro (PR), 32
9) Sidinei Broering (SC), 30
10) Eduardo Costa (SP), 19,5
11) Caio Feres (SP), 15,5
12) Giulio Gabardo (PR), 5
13) Minai Miaute (SP), 3
14) Alexandre Attina (SP), 2



Inova Comunicação - Rafael Durante (Mtb 48.044) - E-mail: rafaeld@terra.com.br
Contatos: (11) 7320 8666 / 93*19045 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!