#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

João Vieira dominou sozinho a última etapa do Light


Piloto também estava bem no GP BRC, mas, após batida, teve de abandonar

No último domingo, (09) foi encerrada a temporada de competições para o piloto tocantinense João Vieira (Nova Era Móveis Escolares). Depois do título da Seletiva Petrobras e da Copa das Federações o piloto de Palmas - TO seguiu para São Paulo onde, no final de semana, disputou as duas últimas competições oficiais por lá.

No sábado, dia oito, o piloto disputou a última rodada dupla da Copa São Paulo Light de Kart. A competição, maior regional do país na categoria Graduados, reuniu nesta última etapa quase 140 pilotos, sendo 16 deles nesta classe. João, em excepcional momento na temporada, chegou animado para as disputas e, com muita determinação, treinou durante toda a semana na difícil pista de Interlagos.

Com total atenção e dedicação de seu pai, Antônio Vieira, que também é o mecânico e preparador de seu kart, João logo começou a se destacar e, em meio à concorrentes bem mais experientes e acostumados à pista paulistana, ele conseguiu se destacar.

As atividades oficiais foram todas realizadas no sábado. Primeiro foi a tomada de tempos e, em seguida, as duas baterias que finalizaram o Campeonato. Vieira, como não disputou todas as etapas do ano, não estava na luta direta pelo título e, deste modo, manteve seu foco completamente nas corridas. Em uma volta perfeita, na classificação, com o tempo de 50s461, ele garantiu a pole-position com quase quatro décimos de vantagem para o segundo colocado. As duas baterias foram disputadas no período da tarde. Com a tranquilidade e concentração que lhe são marcas registradas João simplesmente ignorou qualquer outro kart na pista. Em duas corridas em que parecia estar em um campeonato paralelo o piloto fez impressionantes apresentações onde, com larga vantagem, venceu as duas disputas e comemorou a vitória invicta na rodada.

GP RBC - Somente uma batida para parar João

Com a mesma determinação do dia anterior João voltou à pista de Interlagos no domingo, para a disputa do GP RBC. Ao vencedor desta prova seria oferecido um dia de treino em um carro de F-3, sonho de todo kartista para dar prosseguimento à carreira.

Disposto a conquistar mais este título e, consequentemente, o prêmio, João partiu para as atividades oficias. Em um traçado diferente do dia anterior os pilotos tiveram apenas 15 minutos de pista aberta para conhecerem o traçado e registrar seus tempos para a primeira corrida.

Vieira mais uma vez mostrou seu valor e, com a marca de 36s511 marcou a pole-position. Na primeira corrida, com duração de 10 voltas, o piloto procurou se manter no primeiro pelotão, mas, poupando seu equipamento para a corrida final, cujo resultado valeria o título. Sem se envolver em brigas diretas Vieira terminou na terceira posição, garantindo o direito de largar por dentro na final. Na última e decisiva corrida, então, o piloto fez o que havia planejado na largada e já fez a primeira curva na segunda posição. Nas sete primeiras voltas ele comboiou o líder até que, em bela manobra, assumiu a liderança. Duas curvas depois, porém, o adversário voltou a ultrapassá-lo. Muito próximo e ainda faltando metade da corrida, João já planejava o outro ataque. Porém, em uma curva de alta do circuito, Jonathan Louis, que vinha na terceira posição, atingiu o kart do João pelo meio. O kart de Louis decolou, passou por cima do de Vieira, e ambos saíram da pista. Com a mão machucada e o kart completamente quebrado Vieira abandonou a prova. Jonathan, pela arriscada manobra, foi desclassificado da prova.

"Tivemos um dia excelente na final do Light. Fiz a pole e ganhei tudo, sem a menor chance para ninguém. No domingo, depois da pole, achei melhor apenas me manter ali na frente na primeira corrida e definir as coisas na final. Eu vinha numa disputa legal com o Yago até que, do nada, o Jonathan literalmente me deu no meio. Acabou com a minha corrida, com a dele, eu machuquei a mão e ele foi desclassificado. Uma pena um cara com tanto tempo de kart não conseguir pensar duas curvas na frente. Eu tinha a corrida inteira na mente e, com certeza, poderia ter vencido com tranquilidade. Fica para a próxima", comentou desapontado Vieira.

Fotos: Flávio Quick - Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto João Ricardo Vieira
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar



Av. Dep. Cristovam Chiaradia, 288 · conjunto 802 · bloco 01 · Bairro: Buritis 
CEP: 30575-815 - Belo Horizonte - MG 
Fones: (31) 3225-2236 / (31) 9955-1420 / ID Nextel: 88*2006 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!