#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 22 de julho de 2013

World Series: Pietro Fantin conquista 15 posições e fecha etapa da Áustria no top-10

Depois de um sábado bastante complicado, curitibano abriu prova deste domingo em 24º, tirou proveito do bom ritmo de corrida e também da estratégia para cruzar linha de chegada em nono
O fim de semana da sexta etapa da Formula Renault 3.5 — a principal categoria da World Series by Renault — foi de sentimentos distintos para Pietro Fantin. Depois de um sábado pouco proveitoso no Red Bull Ring, quando o curitibano sequer completou a primeira volta após se envolver em um incidente, o domingo (21) foi totalmente oposto. O piloto da Arden Caterham fez uma prova de superação, aliando ousadia, bom ritmo de corrida e uma tática de pit-stop acertada. Assim, Pietro largou da 24ª colocação, conquistou 15 posições ao longo das 33 voltas para cruzar a linha de chegada em 9º lugar na Áustria. 

Desta forma, Fantin deixa Spielberg com mais dois pontos, chegando à zona de pontuação pela terceira vez na temporada, sendo o segundo colocado entre os estreantes, atrás do russo Sergey Sirotkin. Em Moscou, há um mês, o piloto brasileiro fechou a prova complementar com um oitavo lugar, realizando uma corrida tão consistente quanto a deste domingo no Red Bull Ring. 

A missão de Pietro, no entanto, não foi nada fácil. A começar pela sessão classificatória. Sem referências — por não ter completado a prova no dia anterior — e com problemas nos freios durante a tomada de tempos, ele obteve apenas o 24º posto no grid para a segunda corrida da etapa. Largando do fundo do pelotão, o piloto da Arden Caterham viveu um susto logo nos primeiros metros de sua corrida. António Félix da Costa, seu companheiro de equipe, enfrentou problemas e não conseguiu dar a partida em seu carro. Pietro desviou do bólido do lusitano e conseguiu ganhar posições importantes, mas ainda no pelotão intermediário. O ‘pulo do gato’ acabou sendo durante a janela de pit-stops. Com bom ritmo, Fantin optou por ficar mais tempo na pista, e conforme os ponteiros faziam suas paradas, o curitibano aproveitou a pista livre e usou o DRS para fazer voltas rápidas, chegando a andar em 4º lugar.

Pietro entrou para os boxes na 10ª volta e retornou à disputa na 14ª posição, e em poucas voltas completou mais três ultrapassagens. Com a rodada de Carlos Huertas na entrada da reta dos boxes, na volta 22, a direção de prova precisou intervir com a entrada do safety-car. Com isso, o curitibano, já em 11º, acabou aproveitando para se aproximar ainda mais da zona de pontuação, ficando logo atrás de Arthur Pic. Com a bandeira verde acenada duas voltas depois, Fantin partiu para cima do oponente e, após disputa intensa, conquistou o décimo lugar. E para coroar a bela exibição no Red Bull Ring, ele ainda conseguiu ultrapassar Norman Nato no fim da corrida, sendo assim o melhor brasileiro da prova deste domingo.

Após a etapa do Red Bull Ring, a World Series faz uma pausa de quase dois meses. A próxima rodada dupla da Formula Renault 3.5 está marcada para os dias 14 e 15 de setembro no circuito de Hungaroring, em Budapeste, Hungria.

Pietro Fantin: 
"Arriscamos bastante e mudamos o acerto para ‘médio downforce’, então perdia um pouco de ritmo nas curvas de alta, mas tinha rendimento muito bom nas retas. A largada foi boa, e esse era um dos objetivos para tentar uma recuperação. Não tínhamos ideia de como o carro ia se comportar com este setup, mas como o ritmo estava muito bom, então a equipe decidiu esperar um pouco mais para o pit-stop. Fiquei com a pista livre para fazer voltas rápidas, e acabei usando muito o DRS. A tática se mostrou muito acertada e o pit-stop também foi muito bom."

Balanço do fim de semana
"No sábado, infelizmente cometi um erro que pode ter custado alguns pontos, já que dez pilotos não conseguiram completar a prova, então poderia ter obtido muitas posições. De qualquer forma, analisando este domingo, saio daqui bem satisfeito e, levando em conta este intervalo grande, isso dará um novo ânimo para o restante da temporada. De qualquer forma, sei que ainda preciso melhorar nas tomadas de tempo, e esse é um ponto a ser trabalhado para as próximas etapas."

Resultado da 2ª corrida no Red Bull Ring: 

1 - Marco Sorensen - Lotus - 33 voltas
2 - Kevin Magnussen - Dams - 4"517
3 - Nigel Melker - Tech 1 - 5"422
4 - Sergey Sirotkin - ISR - 7"117
5 - Willam Buller - Zeta - 11"004
6 - Will Stevens - P1 by Strakka - 12"937
7 - Marlon Stockinger - Lotus - 14"054
8 - Nico Muller - Draco - 14"416
9 - Pietro Fantin - Arden Caterham - 16"899
10 - Norman Nato - Dams - 18"254
11 - Andre Negrão - Draco - 18"956
12 - Yann Cunha - AV Formula - 23"509
13 - Jazeman Jaafar - Carlin - 24"729
14 - Christopher Zanella - ISR - 25"283
15 - Matias Laine - P1 by Strakka - 28"566
16 - Oliver Webb - Fortec - 28"813
17 - Daniil Move - Comtec - 29"903
18 - Mikhail Aleshin - Tech 1 - 35"064
19 - Zoel Amberg - Pons - 2 voltas
20 - Arthur Pic - AV Formula - 2 voltas
21 - Lucas Foresti - Comtec - 3 voltas 

Não completaram:
Riccardo Agostini
Carlos Huertas 
Stoffel Vandoorne
Nikolay Martsenko
António Felix da Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!