#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

sábado, 30 de novembro de 2013

Chuva marca a final do Mineiro de Kart 2013

Sétima rodada dupla da temporada marcou o encerramento do Campeonato Estadual


Em um sábado nublado e, que no decorrer do dia se tornou também chuvoso, o Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, recebeu as atividades da sétima e última rodada dupla do Campeonato Mineiro de Kart. As provas, válidas pela 13ª e 14ª etapas do ano, definiram os campeões do ano de
2013.

A programação foi toda realizada na parte da manhã. O dia, que começou nublado, mas com temperaturas na casa dos 23 graus, esfriou um pouco e, por volta das 10:30 começou a chover, na metade da primeira corrida da F-400. Daí por diante as duas baterias seguintes foram com pista molhada. Porém, a chuva deu uma trégua e, conforme a pista foi secando, as equipes passaram a ficar na dúvida sobre qual composto de pneus utilizar até que, a partir da segunda prova da F400 e a última da 125cc já foram, novamente, com pneus slicks.

A programação foi aberta com a categoria Cadete. A primeira bateria, ainda disputada com pista seca, teve uma disputa única durante toda a corrida. Um único pelotão, formado pelos quatro competidores na pista, mostrava a completa similaridade na condução dos garotos. Com raça e dedicação todos queriam vencer. Com experiência um pouco maior, porém, Ayrton Gil consgeuiu se destacar em ambas as baterias e, abrindo vantagem nas voltas finais, venceu as duas provas. Na primeira ele foi seguido por Pedro Benz, que fez bela ultrapassagem na última volta, e Rafael Araújo. Na segunda bateria Rafael foi quem chegou em segundo e Pedro Benz, em terceiro. Ayrton Gil ficou com o título de Bi-Campeão.

Seguindo a programação a F-400 tomou o traçado. Breno Lima, largando da primeira posição, não conseguiu segurar a pressão de William Hoepers que, em bela manobra, assumiu a ponta. William e Breno, juntos, seguiram na liderança e conseguiram abrir uma considerável vantagem em relação aos demais. Nas outras posições as brigas eram bastante intensas e as trocas de posição constantes. Na metade da bateria, porém, a chuva chegou e, com o piso molhado e karts de pneus slick, quem pilotou de maneira mais suave conseguiu se dar bem. William, após uma escapada na última volta, acabou perdendo a liderança para Breno que, assumiu a ponta e venceu. William chegou em segundo e Guilherme Morbeck, em terceiro. A segunda bateria começou com pista seca e, por coincidência, na sétima volta, começou a chover. Desta vez, porém, a não foi suficiente a chuva para molhar a pista e rapidamente secou. Daniel Cançado, vindo da quarta posição, conseguiu um rendimento muito bom na pista escorregadia e na quinta volta já aparecia na liderança. Com a pista bastante escorregadia os pilotos tinham grande dificuldade para se manterem no traçado e, as trocas de posição foram uma constante. A três voltas para o final, com o traçado já completamente seco, Wiliam Hoepers conseguiu se aproximar muito de Cançado e, na última volta, conseguiu superar Daniel e vencer. Cançado chegou em segundo e Breno Lima, em terceiro. Com este resultado Breno garantiu o título da temporada.


Encerrando a programação a classe 125cc foi para a pista. Com o traçado completamente molhado Lucas Nogueira partiu da primeira posição. Em uma prova cuidadosa Lucas conseguiu abrir logo nas primeiras voltas, e seguiu sem ser ameaçado. Em corrida espetacular Gustavo Zwetkoff, da Júnior Menor, que havia partido do último lugar, veio superando todos os concorrentes até que, na metade da prova, já brigava com Flávio Costa pela primeira posição geral. A esta altura Lucas Nogueira, que havia tido problemas, havia caído para o quarto lugar. Gustavo não conseguiu ultrapassar Flávio e acabou rodando, deixando Costa, naquele momento, tranquilo na ponta. Com um ritmo impressionante, porém,Nogueira conseguiu se recuperar novamente e, a três voltas do fim, reassumiu a ponta e seguiu na liderança até a volta final. Porém, com peso abaixo do mínimo da categoria, acabou sendo desclassificado. Melhor para Flávio, que ficou com a vitória, seguido por Glaydson Cardoso e Fábio França. 3Respectaivamente em suas categorias os vencedores foram Flávio Costa - Super Sênior; Glaydson Cardoso - Sênior "B"; Júlio Wolff - Sprinter e Gustavo Zwetkoff - Júnior Menor. A segunda e decisiva corrida teve Flávio Costa largando da primeira posição. Após boa largada Júlio Wolff conseguiu assumir a segunda posição e já mirava o líder na segunda volta quando, acabou sendo tocado pelo kart de Leonardo Silva e, ambos, acabaram rodando. Melhor para Lucas Nogueira que, vindo da última posição, conseguiu impor um forte ritmo em sua recuperação e com cinco voltas completadas já liderava a prova. Daí por diante ele administrou a vantagem e seguiu, sem ser ameaçado, até a bandeirada final. Flávio Costa chegou em segundo e Mike Kertesz, em terceiro. Os títulos ficaram com Gustavo Zwetkoff - Júnior Menor; Júlio Wolff - Sprinter e José Fusco - Super Master.

Fotos: Flávio Quick

Assessoria de Comunicação da RBC Preparações de Motores
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabíola Cadar
Quick Comunicação e Marketing
Fones: 31.3225-2236 | 31. 9955-1420

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!