#AV | #Elétricos | #Goiás

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Mercedes-Benz Challenge: WCR Team se consolida na liderança em Campo Grande

Depois de dois dias de chuva o sol apareceu no Autódromo Internacional Orlando Moura, em Campo Grande (MS), para a sexta etapa da Mercedes-Benz Challenge. Numa largada sem maiores problemas para os carros da WCR Team. 
Com segundo lugar nas duas categorias a equipe desponta como favorita ao título de 2015. Fernando Junior conquistou a segunda colocação na CLA45/AMG e a dupla Cleiton Campos e Luiz Sergio Sena Jr chegaram em segundo na C250.

 Na largada Fernando Junior subiu três posições, indo de nono para a sexta colocação na corrida. Durante boa parte da prova o santa-cruzense protagonizou uma bela disputa com Cláudio pelo quarto lugar. Nos dez minutos finais Fernando Junior se aproveitou de um erro de Dahruj e Adriano Rabelo, ultrapassou os dois, conquistando a segunda posição.
Fernando Junior comemora o resultado. “Foi o melhor resultado possível, largando de nono. Levei uma batida na largada quase fui para fora, mas enfim foi uma baita corria, abríamos mais no campeonato”, ressalta.
“Disputa foi muito acirrada, principalmente com o Dahruj, mas consegui passar ele. No final eu tinha carro para ir para cima, mas fiquei com medo dos pneus, me passou aquele filme de Santa Cruz Sul”, comenta Fernando, lembrando a etapa do Rio Grande do Sul quando perdeu a liderança na última volta devido ao desgaste dos pneus. “Méritos para a equipe, mérito para nós todos. Agradeço todo mundo, principalmente minha família que está longe, mas está torcendo por mim, com certeza”, comemora Fernando Junior.
Na C250 Cleiton Campos fez uma boa largada subindo da quinta colocação para o segundo lugar na prova. Mesmo andando com o lastro de 50 quilos, devido a liderança do campeonato a dupla fez uma bela apresentação em Campo Grande.
Para Campos foi o que o a dupla pode conseguir por carregar o peso extra. “Foi um bom resultado, só não fomos melhores porque carregávamos a bigorna, o que acaba sendo um diferencial negativo muito evidente. Mas mirando o título de 2015 foi bom, vamos com tudo para as duas etapas finais, em São Paulo”, ressalta.
Sena Jr salienta o bom resultado da corrida mesmo carregando a “bigorna”. “Foi um corrida legal, deu para chegar em segundo. Infelizmente faz parte do regulamento, mas é inadmissível a gente carregar uma bigorna, acaba prejudicando o trabalho da equipe e não permitindo aos líderes do campeonato as vitórias, prejudicando o brilho da corrida”, desabafa Sena Jr. “Para o campeonato foi bom, conseguimos abrir uma vantagem legal agora, e vamos para as próximas etapas em São Paulo buscar bons resultados para conquistar esse título”, finaliza o piloto.
A próxima etapa será a corrida preliminar da Fórmula 1, dia 15 de novembro no Autódromo internacional de Interlagos.
 A WCR Team tem participação na Mercedes-Benz Challenge viabilizada pelo governo do Rio Grande do Sul, do programa PróEsporte, Xuk Bebidas, Pitt Jeans, Transportes Mahler, Querodiesel, Motoryama, Castelo Pack, Matvsul, Dihellen Cosméticos, Mcw produtos médicos, Macodesc e Horizon Performance em Pneus são empresas parceiras da iniciativa.

Schaefer Assessoria
Fotos: Claudio Kolodziej

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!