#Brasil

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Bem-vinda, indústria da multa!

Rafael Mascarenhas, filho caçula da atriz Cissa Guimarães
Crédito: Bol Notícias
por Fabrício Sousa

Acho que muita gente que ler o título vai me xingar... Mas é o risco.

Bem, nos últimos dias temos visto a
repercussão do aumento do valor das multas em até 66%, da "promoção" do ato de dirigir manuseando aparelho celular para infração gravíssima, entre outras coisas.

Quando lemos isso, de cara lembramos do "solo lunar" pelo qual nossos carros são obrigados a passar, enquanto nossos governantes passeiam de helicóptero por aí. Mas a conta não tem só essas variáveis.

Fato é que a multa serve pra tentar coibir atos que ameacem o bem-estar e a integridade da coletividade. O problema não é você correr, mas você ferir. Esqueça o "eu" pra deixar de ser egocêntrico.


Se você comete infrações, tomara então que seja multado. Agora, se os valores das multas não são revertidos corretamente, aí é outro problema pra outro blog discutir.

Então, dirija igual gente, pra que outras pessoas não tenham que passar pelo que a Cissa Guimarães teve que passar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!