#Brasil

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Parabéns campeão Alencar Júnior



Hoje é dia de homenagear e parabenizar uma de nossas maiores referências no automobilismo, o grande piloto goiano campeão Alencar Júnior. Hoje, 19 de Abril é seu aniversário, Parabéns! E nós da SBR queremos dizer também muito obrigado pela bela história construída nas pistas, com grandes vitórias, vencendo os obstáculos com entusiasmo. Saiba que compartilhamos do mesmo amor por esse esporte. Muita saúde, paz e mais vitórias em tudo em sua vida. Então aqui vai um pouco de sua história colhida na internet.

Após andar por alguns anos de kart, Alencar marca como seu início de sua carreira o ano de 1974, correndo na Divisão 1 com um Opala. No ano seguinte, torna-se campeão goiano da Copa Planalto (que reunia pilotos de Brasília e Goiânia) e da Copa Minas-Goiás. Depois correu de Fórmula Ford e Divisão 1 simultaneamente. Foi terceiro em ambos os campeonatos e não correu no ano de 1977 por falta de dinheiro.


Em 1978, ainda não estava correndo e o Brasileiro da Divisão 1 e só teria duas corridas: uma em Goiânia e outra em Brasília. Em Goiânia foi só para assistir e João Carlos Palhares tinha dois carros, ele ia escolher um para correr e deixou Alencar pilotar o segundo. O fato é que Alencar foi mais rápido que ele com o carro novo. Aí João trocou de carro, e lhe deu o mais velho. Foi mais rápido ainda, acabou correndo com o novo. Ganhou uma corrida e foi segundo na outra, e na soma dos resultados acabou como vice-campeão.
Em 1982, época dos Opalas Stockcar Alencar Júnior consagra-se campeão brasileiro.  Alencar Junior ganhou 4 corridas, das 11 disputadas naquele ano,  todas na segunda metade do campeonato, e já surgiam nomes novos, por exemplo, o também goiano Marco Gracia, revelados na própria Stock car. Ainda esse ano, a Stockcar foi convidada a fazer duas provas de exibição no autódromo do Estoril, Portugal. Nessa época, o piloto português Pequepê” já participava das competições da Stockcar.  

Ao deixar o Campeonato Brasileiro de Stock Cars para a Fórmula 3 Sul-Americana no ano de 1989, Alencar Júnior era o maior recordista de Pole Positions de toda a história do Campeonato Brasileiro de Stock Cars. Alencar disputou a Fórmula 3 Sul-Americana por 3 anos, e em seu primeiro ano foi o quarto maior retorno publicitário da América do Sul (1991). Em 1994, Alencar Júnior competiu e venceu o Grand Prix de Miami, na categoria turismo, pilotando um Porsche 911.

Após 14 anos sem competir, Alencar Júnior reestreou no Campeonato Brasileiro de Turismo, o Trofeo Maserati. Alencar Júnior disputou sua primeira prova no dia 3 de abril de 2005 em Interlagos, São Paulo, terminou a prova em segundo lugar, fazendo um belo retorno às pistas. No campeonato, obteve cinco vitórias, conseguiu mais três segundo lugares e foi o recordista em número de Pole Positions (3). Números obtidos mesmo com uma corrida a menos, em função de não ter conseguido largar com problemas em seu carro na penúltima etapa, Santa Cruz, na qual custou caro, pois lamentavelmente, mesmo com todos os números a favores, Alencar foi vice-campeão brasileiro à apenas dois pontos do campeão. Mesmo com o vice-campeonato, Alencar faturou o Prêmio Capacete de Ouro como o melhor piloto de turismo do ano, sendo este, a maior premiação automobilística nacional. Fazendo assim um bem-sucedido campeonato e retorno às pistas após vários anos inativos.

Para redimir-se, Alencar disputou no dia 4 de dezembro, o Campeonato Mundial da Trofeo Maserati, realizado no Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, reunindo os campeões e vice-campeões dos campeonatos brasileiros e europeus da categoria, entre outros pilotos convidados da Stock Car Brasil.. Alencar em atuação espetacular, obteve dois segundos lugares nas duas baterias realizadas, somando maior pontuação que os adversários, levando assim o titulo de Campeão Mundial. No ano de 2006, Alencar não deixou fácil para ninguém, e levou o campeonato brasileiro da Trofeo Maserati com duas rodadas de antecedência e com 152 pontos de diferença do segundo colocado. Fazendo um campeonato impecável e aumentando seus recordes na categoria. No ano de 2007, Alencar realizou um sonho antigo de pilotar uma Ferrari nas pistas. Disputou o campeonato brasileiro de GT3 pilotando uma Ferrari F430.
Alencar conta que na inauguração do autódromo, em 1974, ele estava lá. “Primeira vez que corri na minha vida. Liderei a corrida por 7 das 12 horas e cheguei em 7º lugar”. E na conclusão da reforma do autódromo de Goiâniafoi o primeiro piloto a acelerar na nova pista do fazendo testes da pista com um Corvete de mais de 500 cv. Depois, quando da inauguração Alencar ainda daria algumas voltas no novo Stockcar depois de muito tempo aposentado da categoria, acredito que um momento de grande emoção para nosso campeão, para nós com certeza marcante!


Campeonatos Regionais:
3 vezes Campeão de Kart
3 vezes vice-campeão de Kart
3 vezes Campeão de Turismo no Centro-Oeste (Divisão 1)
2 vezes Vice-Campeão de Turismo (Divisão 1)

Campeonatos Brasileiros:
1 vez Campeão de Stock Cars (1982)
2 vezes Vice - Campeão de Stock Cars (1981 e 1983)
2 vezes 3º Colocado no Brasileiro de Stock Cars (1980 e 85)
Recordista de Pole Positions (1982)
20 Pole-Positions na Stock Cars
17 Vitórias na Stock Cars

Campeonato Mundiais:
1 vez Vencedor do Grand Prix de Miami, na World Challenge Class A (1994)
1 vez Campeão Mundial de Turismo – Trofeo Maserati (2005)
1 vez Vice - Campeão de Turismo – Trofeo Maserati (2005)
1 vez Campeão de Turismo – Trofeo Maserati (2006)
Recordista de Vitórias na categoria (13)
Recordista de Pole Positions na categoria (5)
Recordista de Melhores Voltas na categoria (4)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo ao Blog SBR!