GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Depois de fim de semana ‘quase perfeito’, Boessio planeja primeira vitória

Piloto gaúcho comemora pole diante de sua torcida, repete seu melhor resultado na Fórmula Truck e avisa que “quer mais”

Um dos principais destaques do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck na oitava e antepenúltima etapa, em Guaporé (RS), ficou por conta de Régis Boessio. O piloto da ABF Desenvolvimento Team comandou a festa da numerosa torcida gaúcha com a conquista de sua primeira pole-position na categoria e subiu ao pódio em segundo lugar na corrida de 14 de outubro no Autódromo Internacional Nelson Luiz Barro.

A segunda colocação, tão aplaudida pelos cerca de 40.000 torcedores presentes quanto a vitória do paranaense Leandro Totti, líder da temporada, foi a melhor posição de chegada de Boessio na Fórmula Truck, mas não foi inédita – ele havia conquistado esse mesmo resultado na última corrida de 2011, em Brasília, em uma corrida vencida pelo paulista Felipe Giaffone. “Está chegando a hora da minha primeira vitória. A primeira pole já veio”, avisa o piloto.

Largando em primeiro e mantendo o comando da corrida nas primeiras voltas, Boessio viu suas chances de vencer diminuírem a partir da perda de eficiência nos freios. “Sabia que não ia segurar o Totti de jeito nenhum. Preferi deixar ele passar logo para ir atrás dele, sem perder muito tempo. Se eu fosse defender, perderia tempo e mais pilotos chegariam”, avaliou. “Entreguei logo o primeiro lugar para não perder também o segundo”.

Boessio admite que o saldo do fim de semana guaporense provocou mudanças em seu modo de ver a competição. “Mudou meu pensamento, sem dúvida. A pole foi algo que, até acontecer, parecia muito distante, agora é uma realidade que pode acontecer novamente. Isso provou que temos capacidade para estar muito fortes nas duas últimas corridas”, afirmou, citando as etapas de Curitiba (PR), no dia 11 de novembro, e Brasília (DF), em 9 de dezembro.

A pressão a partir da pole-position aumenta, segundo o piloto da ABF Desenvolvimento Team. “A cobrança vem do público, dos fãs, principalmente de mim, mesmo. Quando você chega numa posição dentro de uma categoria, quer ficar sempre à frente, isso é a alma da competição. O fim de semana lá de Guaporé não foi perfeito, seria perfeito se tivéssemos ganhado a corrida, mas digo que foi um fim de semana maravilhoso”, ponderou Boessio.

O representante do Rio Grande do Sul credita o caminho dos melhores resultados à parceria iniciada com Victor Gomes em 2010, quando disputou o Brasileiro e o Gaúcho de Marcas. “Depois dos títulos e das vitórias, convidei o Victor para me ajudar na Truck, e ele trouxe e desenvolveu o sistema AIN de aquisição de dados, que nunca tinha sido usado em caminhões ou diesel. Isso me ajudou a entender melhor todo o funcionamento”, explicou.

A vitória é vista por Régis Boessio como questão de tempo. “Talvez pouco tempo”, anima-se. “Não acho que as coisas vão ficar mais fáceis por ter feito a primeira pole. Pelo contrário, vão ficar mais difíceis, a experiência dos meus concorrentes é bem maior que a minha. A vitória vai chegar, na hora certa vou estar lá. Sei que tenho adversários rápidos e que têm equipamentos muito bons, mas vai ser mais rápido do que eu imaginava”, finalizou.

Grelak Comunicação