GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Michelle "pinta" Velopark de cor-de-rosa


Piloto promove ação de combate ao câncer de mama na quinta etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge

Neste fim de semana (27 e 28 de outubro) o Velopark foi palco da quinta etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge. A competição, que reúne nas pistas o modelo C250 Turbo, realizou duas provas, com vitórias de Rubens Tilkian e Márcio Campos. A iniciativa que mais chamou atenção no circuito gaúcho durante o evento foi promovida pela equipe Pink Energy, da piloto Michelle de Jesus.

A única mulher da categoria, que já tem o Pink como cor predominante em seu carro, aderiu à campanha mundial Outubro Rosa. Com o objetivo de divulgar os principais sintomas e alertar a população sobre os riscos do câncer de mama, o projeto, que começou nos Estados Unidos, já mobiliza pessoas no mundo todo.

Na ação realizada por Michelle no Velopark, quem passou pelos boxes durante a manhã deste domingo recebeu uma fita rosa (símbolo da campanha) para ser prendida à roupa e um marca páginas com dicas de prevenção e combate à doença, que atinge mais de 50 mil pessoas por ano. Além disso, estampou na lateral do carro #73 a logomarca da campanha Outubro Rosa. A ação teve o apoio da Rede de Hospitais VITA.

Para ela, a ação foi um sucesso. "Tive a oportunidade de conversar com muita gente e todos adoraram a iniciativa. É muito importante que as pessoas façam o autoexame para detectar o câncer de mama precocemente. Minha ideia é fazer um projeto mais amplo, oferecendo mamografia gratuita a todas as pessoas que passarem pelos autódromos brasileiros. Já temos vários parceiros e espero que até o próximo ano possamos dar início", adianta.


AS CORRIDAS
Na pista, o fim de semana foi difícil para Michelle de Jesus. Além de não poder contar com seu parceiro Sergio Martinez, que, devido a uma contusão no pé, não participou das corridas, um problema eletrônico no carro #73 impediu a paulista de voltar para casa com um bom saldo de pontos.

O problema começou a aparecer na sexta, quando o bólido começou a falhar e entrar em "modo de segurança". Mesmo com uma revisão geral, o problema não foi sanado e ela acabou abandonando a prova de sábado, quando já ocupava a sétima posição. "O carro ‘apagou’ mais de três vezes, não tinha como continuar", revelou.

No domingo, Michelle partiu da 12ª posição e também foi obrigada a abandonar devido ao mesmo problema. "Consegui ultrapassar três adversários na largada e o ritmo de prova era bom, mesmo sendo minha primeira vez no Velopark. Porém, o carro me deixou na mão de novo", lamentou. Agora, a equipe levará o carro #73 para uma revisão na fábrica da Mercedes-Benz. "Esperamos que isso seja resolvido para voltarmos ao pódio em Campo Grande", finalizou Michelle, fazendo referência à próxima etapa, que acontece nos dias 17 e 18 de novembro na capital do Mato Grosso do Sul.


SOBRE A EQUIPE
A Pink Energy tem patrocínio de Eletro RMC, Netter, Jatinox, RUDC Bombas, CrossFox Distribuidora de Materiais Elétricos e Rádio Transamérica. Mais informações sobre os pilotos nos sites www.michellej.com.br e http://www.facebook.com/pages/Sergio-Martinez/164974160250871.

MAIS INFORMAÇÕES / AGENDAMENTO DE ENTREVISTAS:
Central Press (+55 41 3026-2610)
JORNALISTAS RESPONSÁVEIS:
Claudio Stringari (41 9995-5880 / 84*45338 / claudio@centralpress.com.br)
Lorena Nogaroli (41 9977-0069 / lorena@centralpress.com.br)
Cristina Sório (41 9684-9880 - cristina@centralpress.com.br)