GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Moto 1000 GP vive expectativa de marca histórica de velocidade em Cascavel

Categoria quebrou na atual temporada os recordes de tempo de volta nas pistas de Curitiba, Santa Cruz do Sul e Brasília


Mais rápida competição da motovelocidade nacional, o Moto 1000 GP já vive forte expectativa em torno da rodada dupla de domingo (4), que vai marcar em Cascavel as quinta e sexta etapas da temporada 2012. As primeiras provas da competição no remodelado Autódromo Zilmar Beux, cujo traçado de 3.058 metros é considerado o mais veloz do Brasil, poderão fazer com que os pilotos da GP 1000 estabeleçam mais um recorde histórico.

Os pilotos que disputam a categoria vêm quebrando sucessivamente os recordes de velocidade nas pistas onde competem. Neste ano o Moto 1000 GP já estabeleceu recordes de volta para três das quatro pistas que receberam as etapas. Na segunda prova, Alexandre Barros foi pole-position estabelecendo o recorde do Autódromo Internacional de Curitiba para treinos classificatórios. Ele foi o vencedor da prova, a única que disputou em 2012.

Na corrida, Pierre Chofard quebrou o recorde da pista, com a volta mais rápida da história da motovelocidade para o traçado do autódromo localizado em Pinhais. As duas etapas seguintes, Santa Cruz do Sul e Brasília, tiveram seus recordes quebrados pelos pilotos argentinos Diego Martín Perluigi e Luciano Ribodino, respectivamente – em Brasília, Chofard foi pole-position com um tempo de volta jamais atingido por qualquer outro piloto.

Em Cascavel, a projeção de que as motos possam chegar a 250 km/h no fim da maior reta do circuito, cuja pista teve largura aumentada de 9 para 12 metros em toda a extensão do traçado, projeta velocidade média acima de 180 km/h na categoria GP 1000, a principal da competição, composta também pela GP 600 e pela GP Light – além da GP Máster, uma classe da GP 1000 que considera apenas resultados dos pilotos com 48 anos ou mais.

“O desempenho que os pneus Michelin Power Slick proporcionam aos pilotos da GP 1000 e o rendimento extra da gasolina Podium, que tem a mais alta octanagem do Brasil, criam a expectativa de velocidades altíssimas”, diz o diretor do Moto 1000 GP, Gilson Scudeler, que conquistou em Cascavel o último de seus sete títulos brasileiros, em 2008. “Possivelmente teremos aqui as maiores da motovelocidade brasileira em todos os tempos”.