GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Problema na tomada tirou chances de Sérgio Sette Câmara no SKUSA


Quebra do motor principal, na tomada de tempos, fez piloto largar de trás nas classificatórias

Foi encerrada neste domingo, dia 18, a maior competição de kart das américas. O SKUSA - Supernationals reuniu neste ano, em sua 16ª edição, 478 pilotos divididos entre nove categorias sendo que, deste total, 46 foram representantes brasileiros.

Competindo neste evento pela classe TaG Junior, que reuniu pilotos de até 15 anos, Sérgio Sette Câmara (Mercantil do Brasil | Tear Têxtil | Lalubema | Art Grand Prix) começou as atividades se despontando como um dos mais rápidos da pista. Chegado nos Estados Unidos com o predicado de Campeão Mundial do X30 World Serginho rapidamente tornou-se uma das referências na pista.

Após um bom início de participação nos treinos livres, porém, o piloto passou a sofrer vários problemas de motor e carburação no segundo dia. Essa dificuldade acabou por lhe tirar completamente as chances de um bom posicionamento na tomada de tempos e pior, com o motor reserva, Sette Câmara não conseguiu nem mesmo repetir as atuações dos primeiros treinos e, com a marca de 47s889 foi o último colocado em seu grupo classificatório e, no cômputo geral, de 80 competidores, ele ficou com o longínquo 70º lugar.

Muito profissional, e sabendo das limitações do fornecedor dos motores da equipe ART nos Estados Unidos, Serginho seguiu para as corridas classificatórias com o objetivo de se classificar para as finais, o que significaria estar entre os 34 melhores colocados. Em três corridas fantásticas, o piloto mineiro conseguiu compensar a sua falta de um bom motor com muita determinação e arrojo nas ultrapassagens. Em pontos nem imaginados como de ultrapassagem possível ele superava seus concorrentes e, com um 18º e dois 16º lugares ele atingiu seu objetivo, ficando com a posição de número 28 para a largada final.

Novamente posicionado no final do pelotão Serginho largou para mais uma prova de recuperação. Foram muitas ultrapassagens, momentos de grande emoção, mas, infelizmente, os problemas de motor faziam com que, na grande reta de largada, os pilotos passassem por ele com facilidade, jogando por terra todo o trabalho desenvolvido na parte mista da pista.

Ao final Sette Câmara finalizou a prova com o 20º lugar, posto de certa forma bastante elogiado por toda a equipe ART Grand-Prix. "Foi a primeira vez que a equipe ART internacional veio participar de uma prova aqui nos Estados Unidos. Junto com o representante da fábrica aqui na América nós ficamos instalados e utilizamos os mesmos motores que eles. Infelizmente, esses motores eram realmente muito fracos e, com isso, não tive como fazer mais do que consegui. Me entreguei por completo, mas, era impossível ser mais veloz. Eu chegava na reta e ficava esperando qual seria o próximo concorrente a me passar. De todo modo avalio como positiva a minha participação no evento e acho que depois de ficar com o 70º tempo na classificação, terminar com o 20º lugar algum mérito nós devemos ter", comentou o garoto de 14 anos.

Fotos: Flávio Quick - Divulgação
Av. Dep. Cristovam Chiaradia, 288 · conjunto 802 · bloco 01 · Bairro: Buritis
CEP: 30575-815 - Belo Horizonte - MG
Fones: (31) 3225-2236 / (31) 9955-1420 / ID Nextel: 88*2006