GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Lucca Abreu Vence, mas não leva a Formula Minas de Kart

Belo Horizonte - na cidade de Vespasiano, recebeu neste dia 15 de dezembro a terceira e quarta etapa da Fórmula Minas. 

Lucca chegou disposto a conquistar o titulo e logo pela manhã marcou o melhor tempo conquistando a pole. 

Na 1ª bateria após intensa disputa acabou sendo superado e cruzou a linha na segunda posição. 

Com esse resultado Lucca ainda se manteve a frente do campeonato bastando para isso que chegasse a frente do seu adversário, Lucca largou de segundo e pulou na frente e liderou a corrida de ponta a ponta e cruzou a linha de chegada em primeiro, com esse resultado seria o campeão, mas daí veio a noticia que a largada esta sendo investigada pelos comissários. 

As outras baterias das demais categorias transcorreram normalmente até que ao final de todas as baterias, o piloto e seu responsável foram chamados a sala dos comissários, La chegando foram informado que o mesmo havia queimado a largada, então mostram uma imagem nada esclarecedora qual não há imagem do semáforo e dos competidores, ou seja, a imagem não era clara, pois não tem como provar que no momento que o Lucca esta a frente. 

A partir daí começou uma serie de questionamentos do tipo já que teriam que juntar as categorias e deram um espaço entre elas, quando a categoria que estava à frente veio pra largada e a outra atrás o que nos diz que o semáforo já estava aberto uma vez que a largada da categoria que vinha a frente foi valida. 

E como a imagem nos permitia ver o semáforo, fomos informados que o que seria valido seria a voz do locutor, fato que nos causou muita estranheza, mas mesmo assim ainda nos disseram que o que valia como decisão era a palavra do comissário que acompanhou a largada e que ela seria inquestionável. 

Como corremos os principais campeonatos esse anos entre ele o light e vimos algumas punições por queima de largada, e todas elas que temos visto seria o acréscimo de 10 seg. no tempo. 

E em todos os anos que corremos sempre vemos seguinte maneira, tentasse realizar a largada ao menos duas vezes, caso seja necessário para-se os pilotos alteram as posições de largadas e ai em ultimo caso vem à punição. 

No caso em questão não houve se quer a sinalização de que a largada não era valida muito menos a parada e o pior veio a seguir a punição foi à perda de Três posições ao final da corrida. 

“ficamos profundamente chateados com o ocorrido, não acredito em ma fé ou coisas assim, acredito na falta de preparo dos comissários e falta de critérios, em todos esses anos nunca vi uma punição igual a essa para ninguém, e na final do campeonato o erro deles começaram ao juntar as categorias, pois a partir daí começaram os problemas, se fosse somente a nossa categoria a largada seria considerada invalida e fariam todo o processo de novo e não teriam maiores problemas, não da para acreditar nisso de que a palavra do comissário e a verdade mor da historia, se não tem a imagem que prove como punir o competidor. E necessário ter transparência nisso se gasta dinheiro, tempo e etc. quem mais perde com isso e o esporte” Disse o pai do Piloto.