GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

domingo, 23 de dezembro de 2012

Sprint Race: Martins é campeão na base da emoção após empate


Temporada 2012 foi decidida no detalhe: por conta dos descartes, Beto Cavaleiro perde o título após terminar com mesmos pontos de gaúcho

Duas corridas emocionantes e o título decidido na base do detalhe. A Sprint Race fechou a temporada do automobilismo nacional em 2012 com uma exibição de gala que nem a chuva atrapalhou, e Interlagos recebeu mais uma decisão para gravar em sua história.

Com uma vitória conquistada pelo parceiro Eduardo Leite na primeira corrida do dia, Cavaleiro fez um esforço louvável para participar da decisão, pois ainda convalesce das graves queimaduras de segundo e terceiro graus sofridas nas costas durante as 500 Milhas de Kart do último fim de semana.

E, mesmo salvando um honroso quinto lugar, que o colocou com um total de 266 pontos, a mesma quantia que Martins, terceiro nas duas corridas, Cavaleiro viu dois pontos serem tirados com a aplicação do descarte para os quatro piores resultados. O rival, por sua vez, acabou não descartando nenhum e levou o título por 266 a 264.

"Foram duas corridas muito difíceis, onde a liderança trocou de mãos o tempo todo e era imprevisível saber o que iria acontecer, ainda mais com o clima instável desse jeito. Foi difícil, mas consegui o título de forma emocionante. Gostaria de parabenizar a todos, desde a organização até os pilotos, pois foi um grande campeonato e tem tudo para crescer ainda mais", comentou Martins.

"Foi um fim de semana de superação por conta das minhas costas, achei até que não fosse conseguir correr e, durante várias vezes na prova final, o título trocou de mãos. Terminei empatado nos pontos mas o título acabou com o Gustavo, que teve todos os méritos. Foi uma linda festa e a família Marques está de parabéns", destacou Cavaleiro.

Poderia até ter sido mais fácil para Martins, caso ele não tivesse sido ultrapassado na reta final por Marco Garcia, que terminou a prova final em segundo, atrás do vencedor Guilherme Sperafico e se consolidou em terceiro no campeonato. Já Rodrigo Barone, que chegou a Interlagos na liderança, fechou o ano na quarta posição da tabela, após um décimo e um sexto lugares.

"Foi uma linda final, com a decisão se restringindo à pista, com grandes disputas, de tirar o fôlego, em condições adversas. Fechamos nossa temporada com chave de ouro e a consolidação de uma fórmula que deu certo, com os dois primeiros no campeonato empatados no total de pontos. Foi demais!", comemora o organizador Thiago Marques.

A prova também contou com a presença especial de membros da Valeo, uma das patrocinadoras do campeonato, que levou uma comitiva para acompanhar de perto os carros da categoria. 


Corrida 1
1. Eduardo Leite/Beto Cavaleiro
2. Lucas Marotta
3. Gustavo Martins
4. João Marcelo
5. Marco Garcia
6. Guilherme Sperafico
7. Caito Vianna
8. Gustavo Frigotto
9. Adriano Amaral
10. Rodrigo Barone


Corrida 2
1. Guilherme Sperafico
2. Marco Garcia
3. Gustavo Martins
4. Lucas Marotta
5. Beto Cavaleiro/Eduardo Leite
6. Rodrigo Barone
7. Marcelo Maiolli/Gustavo Trunci
8. Adriano Amaral
9. Marcelo Rodriguez
10. Eduardo Serratto

Os 15 melhores do campeonato
1. Gustavo Martins, 266 pontos
2. Beto Cavaleiro, 264
3. Marco Garcia, 252
4. Rodrigo Barone, 241
5. Guilherme Sperafico, 216
6. Eduardo Leite, 208
7. Caito Vianna, 167
8. João Marcelo, 128
9. Eduardo Serratto, 127
10. Marcelo Rodriguez, 101
11. Fabio Brecailo, 96
12. Marcelo Maiolli, 93
13. Adriano Amaral, 82
14. Lucas Marotta, 68
15. Gustavo Trunci, 62



MS2 Comunicação Integrada
Rua Caju, 28 conj. 1006 – Petrópolis – Porto Alegre CEP 90690-310
Office: (51) 3207.9284