GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Super Final define campeões do Moto 1000 GP

GP Petrobras em Curitiba teve seis corridas e quatro novos campeões


A Super Final do Moto 1000 GP neste domingo (16) no Autódromo Internacional de Curitiba foi eletrizante. Num ambiente de motovelocidade a edição curitibana reuniu o maior número de pilotos, 85, que competiram em campeonatos brasileiros no fim de desta semana. O GP Petrobras que valeu pelas duas etapas finais da temporada teve seis corridas em quatro categorias, que apontaram os campeões de 2012 do Moto 1000 GP nas categorias GP 600, GP Light, GP 1000 e GP Máster.

Na GP 600, criada neste ano para atender o grande número que pilotos que optaram competir pelo Moto 1000 GP, as duas vitórias foram do argentino Adrian Silveira, da equipe Rosa Monte Silveira Racing. A primeira corrida, sétima etapa, disputada na parte da manhã, foi em pista seca. “Tive um grande fim de semana, depois de ter praticamente destruído minha moto numa batida na sexta-feira”, lembrou Silveira.

A corrida da parte da tarde, oitava etapa, iniciou com pista seca, mas foi interrompida pela direção de prova para que as equipes trocassem pneus devido à chuva que apareceu no meio da corrida. André Veríssimo, Motrix Scigliano Racing, fez dois terceiros lugares e levou o título da categoria. “Nunca desisti, mesmo quando enfrentei problemas, quedas, quebras, eu sempre acreditei no título”, revelou. O curitibano Bernardo Kochen, equipe Moto 3, foi segundo nas duas provas. Ele admite que conhecer bem a pista o ajudou. “Ajudou um pouco, claro. O resultado mostra que tenho condições de andar junto do pessoal”, revelou. Ele se prepara para fazer a temporada 2013 do Moto 1000 GP.

Na categoria GP Light, Lucas Barros, da Barros Racing, e Nick Iatauro, Pitico Race, dividiram as vitórias na rodada dupla. Iatauro venceu a sétima etapa e Barros garantiu o título chegando em terceiro. Na corrida seguinte, Iatauro foi o segundo e o filho de Alexandre Barros ratificou o título com vitória. “Tive um ano maravilhoso, que só tenho a agradecer a equipe, e também aos meus adversários, que valorizaram muito a minha conquista”, disse o jovem campeão de 16 anos.
Na coletiva de imprensa os dois garantiram continuar no Moto 1000 GP, com ambos subindo de categoria para correr na GP 1000 em 2013.”Vou subir para uma categoria mais forte, apesar que de Light a categoria não teve nada”, disse Iatauro em relação ao nível de competividade que encontrou , se referindo principalmente ao desempenho de Lucas Barros e Gustavo Herreira, da Motrix Scigliano Racing, que conquistou um segundo lugar na sétima etapa. “O resultado mostra que tenho condições de andar bem. Com um equipamento melhor terei condições de brigar por vitórias”, projeta.

A principal categoria do Moto 1000 GP teve vitória do francês Matthieu Lussiana, Center Moto Racing Team, na primeira corrida. Ele também chegou na frente da segunda corrida, mas foi desclassificado na vistoria técnica. Murilo Colatreli, da Kawasaki Colatreli Racing e Joniran Saling, equipe Speed Racing, também tiveram as motos desclassificadas na vistoria técnica. Com isso, Alan Douglas, da Pitico Race, herdou a vitória, o que lhe garantiu o vice-campeonato. “Estou de certa forma meio alegre e meio decepcionado ao mesmo tempo. Alegre pelo vice, que é um título, e decepcionado porque liderei o campeonato, que esteve em minhas mãos até a metade do campeonato”, justificou.

O argentino Luciano Ribodino, Alex Barros Racing, ao contrário era a imagem da felicidade. Um quarto e um segundo lugares o fizeram alcançar 128 pontos contra os 124 de Alan Douglas, da Pitico Racing, considerando o descarte do pior resultado de ambos. Competindo pela equipe Alex Barros Racing e contando com o assessoramento direto de Alexandre Barros, Ribodino é o novo campeão da GP 1000. “Nem tenho palavras para dizer como me sinto, como é meu reconhecimento ao Alexandre Barros, a equipe, minha família, todos que me apoiaram”, vibrava depois do pódio.

Entre os pilotos da GP Máster que correm junto com a GP, o carioca Alberto Braga, da Center Motor Racing Rio, venceu as duas corridas e levou o título para o Rio de Janeiro. “Gostei tanto que no ano que vem vou ter uma estrutura melhor, e vou trazer meu filho para competir no Moto 1000 GP”, declarou na coletiva de imprensa.

Confira como ficou o resultado das duas últimas etapas do Moto 1000 GP
7ª ETAPA – GP 600

1º) Adrian Silveira (Yamaha), Rosa Monte-Silveira Team, a 17min41s590
2º) Bernardo Kochen (Kawasaki), MOTO 3, a 9s010
3º) André Veríssimo (Kawasaki), Motrix Scigliano Racing, a 11s906
4º) Gustavo Cecarelli (Triumph), Cigano Racing, a 12s076
5º )Ademilson Peixer (Yamaha), Moto 3, a 25s013
6º) Antonio Franzen (Honda), BH Racing, a 27s299
7º) Raoni Farfan (Kawasaki), Suprema Kawasaki, a 27s937
8º) Giomar Milani (Kawasaki), Tom Motos Racing, a 39s206
9º) Gilvan Costa (Honda), KF Corval Racing Team, a 1min01s743
10º) Fábio Neto (Yamaha), BH Racing, a 1min10s562
11º) Igor Ernica (Yamaha), GO Moto Racing TeaM, a 1min22s999
12º) Marcos Souza (Honda), a 1min23s260
13º) Jose Moraes (Kawasaki), Tom Motos Racing,a 1min24s751
14º) Lucas Nunes (Honda), BH Racing, a 1 volta
15º) Fabrício Castro (Honda), BH Racing,a 1 volta
16º) Diego Faria (Yamaha), BH Racing, a 1 volta
NÃO COMPLETARAM: Charles Heidemann, Luiz Rosso, Bruno Costa e Rafael Bertagnolli

7ª ETAPA – GP LIGHT

1º) Nickolas Iatauro (Kawasaki), Pitico Race,17min06s548
2º) Gustavo Herrera (Kawasaki), Motrix Scigliano Racing, a 1s434
3º) Lucas Barros (BMW),Barros Racing,a 3s059
4º) Joniran Saling (BMW),Speed Racing, a 3s463
5º) Pablo Moyses (BMW),BH Racing, a 23s989
6º) Everton Felizardo (BMW),Imprime Racing Team, a 24s900
7º) André Paiato(BMW), Paiato Racing, a 26s373
8º) Wesler Godoy (Kawasaki),The Doctors Curitiba, a 42s619
9º) Rafael Nunes (MV Augusta), Tom Motos Racing,a 44s891
10º) Marcelo Cortes (Kawasaki), SBK Rio,a 47s596
11º) Fabiano Hazan (Kawasaki), Mamute Racing,a 48s970
12º) André Escomparim(BMW), AM Race,a 1min01s845
13º) Alex Pires (Kawasaki), Center Moto Racing Team,a 1min02s020
14º) Ricardo Miguel Negretto (Yahama), Negretto Racing,a 1min05s269
15º) Bener Martins de Miranda (Yahama), MG Mobile,a 1min13s148
16º) Edson Luiz (BMW), Mamute Racing, a 1min33s162
17º) Taciano Nunes (Kawasaki), Motrix Scigliano Racing,a 1 volta
18º) José Albuquerque (Kawasaki),Pitico Race, a 1 volta
19º) Sérgio Prates (Kawasaki), Motrix Scigliano Racing,a 1 volta
20º) Jose Rodrigues (Suzuki), Errera Racing Sport,a 1 volta
21º) Douglas Moreira (Kawasaki), Speed Racing, a 1 volta
22º) César Donvito (Honda), Cigano Racing,a 1 volta
23º)Babi Paz (BMW),Barros Racing,a 1 volta
24º) Fernando Silva Santos (Kawasaki),KF Corval Racing Team,a 1 volta
25º)Alen Modesto (Honda),KF Corval Racing Team, a 1 volta
26º) Guilherme Emmer (Kawasaki),SBK Rio, a 1 volta
NÃO COMPLETARAM: Thiago Terra, Edson Errera, Marcelo Alberto da Cruz,
Paulinho Kamba e Tiago Pavanelli

7ª ETAPA – GP 1000

1º) Matthieu Lussiana (Kawasaki), Center Moto Racing Team, 19min30s48
2º) Pierre Chofard (Kawasaki), Pitico Race, a 4s070
3º) Rhalf Lo Turco (Kawasaki), SBK City Brasil, a 28s471
4º) Luciano Ribodino (BMW), Barros Racing , a 32s205
5º) Alan Douglas (Kawasaki), Pitico Race , a 36s507
6º) Murilo Colatreli (Kawasaki), Kawasaki Colatreli Racing, a 36s605
7º) Carlos Medeiros (Honda), Cigano Racing, a 40s605
8º) Victor Moura (BMW), Competizione VMX Racing, a 49s750
9º) Ricieri Luvizotto (Aprilia),Target Race, a 50s140
10º) Eliandro Simonini (Kawasaki),Moto 3, a 1min13s827
11º) André Carvalho (Suzuki),SBK Rio, a 1 volta
12º) Alberto Braga (Suzuki),Center Moto Racing Team, a 1 volta
13º) Sérgio Laurentys (BMW),Work Sports Racing Team, a 1 volta
14º) Eduardo Costa,RF Racing Mobil Rush Team, a 1 volta
15º) Victor Braga (Kawasaki),SBK Rio, a 1 volta
16º) Nelson Gonçalves (BMW),SBK Rio, a 1 volta
17º) Elson Tenebra (Kawasaki),BY Tripa Team, a 1 volta
18º) Levy Mendes (BMW),SBK Rio, a 2 voltas
19º) Marcelo Camargo (Suzuki), Cigano Racing, a 2 voltas
20º) Carlos Rothie (BMW),SBK Rio, a 2 voltas
NÃO COMPLETARAM: Daniel Lenzi e Marcos Salles

8ª ETAPA – GP 600

1º) Adrian Silveira (Yamaha), Rosa Monte-Silveira Team, a 19min03s147
2º) Bernardo Kochen (Kawasaki), Moto 3, a 4s618
3º) André Veríssimo (Kawasaki), Motrix Scigliano Racing, a 22s173
4º) Rafael Bertagnolli (Honda), Bertagnolli Racing, a 26s247
5º) Gilvan Costa (Honda), KF Corval Racing Team, a 1min23s329
6º) Fábio Neto (Yamaha), BH Racing, a 1min34s157
7º) Gustavo Cecarelli (Triumph), Cigano Racing, a 1 volta
NÃO COMPLETARAM: Ademilson Peixer, Raoni Farfan, Giomar Milani, Antonio Franzen, Igor Ernica, Marcos Souza, Jose Moraes, Fabrício Castro, Lucas Nunes e Diego Fari

8ª ETAPA – GP LIGHT

1º) Lucas Barros (BMW), Barros Racing, 17min11s956
3º) Nickolas Iatauro(Kawasaki),Pitico Race, 14s529
4º) Pablo Moyses (BMW), BH Racing, a 14s992
5º) Everton Felizardo (BMW), Imprime Racing, a 17s121
6º) André Paiato (BMW), Paiato Racing, a 39s964
7º) Rafael Nunes (MV Augusta), Tom Motos Racing, a 47s849
8º) Bener Martins de Miranda (Yamaha), MG Mobile, a 51s258
9º) Thiago Terra (Kawasaki), The Doctors Curitiba, a 54s622
10º) Wesler Godoy (Kawasaki), The Doctors Curitiba, a 56s484
11º) Ricardo Miguel Negretto (Yamaha), Negretto Racing, a 1min01s582
12º) Alex Pires (Kawasaki), Center Moto Racing, a 1min12s041
13º) André Escomparim (BMW), AM Race, a 1min21s368
14º) Taciano Nunes (Kawasaki), Motrix Scigliano, a 1min23s211
15º) Edson Luiz (BMW), Mamute Racing, a 1 volta
16º) Tiago Pavanelli (Suzuki), Motrix Scigliano, a 1 volta
17º) José Albuquerque (Kawasaki), Pitico Race, a 1 volta
18º) César Donvito (Honda), Cigano Racing, a 1 volta
19º) Marcelo Cortes (Kawasaki), SBK Rio, a 1 volta
20º) Douglas Moreira (Kawasaki), Speed Racing, a 1 volta
21º) Sérgio Prates (Kawasaki), Motrix Scigliano, a 1 volta
22º) Fernando Silva Santos (Kawasaki), KF Corval Racing, a 1 volta
23º) Alen Modesto (Honda), KF Corval Racing, a 1 volta
24º) Babi Paz (BMW), Barros Racing, a 1 volta
25º) Guilherme Emmer (Kawasaki), SBK Rio, a 1 volta
26º) Jose Rodrigues (Suzuki), Errera Racing, a 5 voltas
NÃO COMPLETARAM: Paulinho Kamba, Fabiano Hazan e Gustavo Herrera
DESCLASSIFICADO: Joniran Saling

8ª ETAPA – GP 1000

1º ) Alan Douglas (Kawasaki), Pitico Race, a 11s825
2º) Luciano Ribodino (BMW), Barros Racing, a 17s066
3º) Ricieri Luvizotto (Aprilia), Target Race, a 31s181
4º) Rhalf Lo Turco (Kawasaki), SBK City Brasil, a 31s469
5º) Victor Moura (BMW), Competizione VMX Racing, a 48s838
6º) Carlos Medeiros (Honda), Cigano Racing, a 49s144
7º) Eliandro Simonini (Kawasaki), Moto 3, a 1min15s247
8º) Sérgio Laurentys (BMW), Work Sports Racing Team, a 1min17s977
9º) André Carvalho (Suzuki), SBK Rio, a 1min20s629
10º) Alberto Braga (Suzuki), Center Moto Racing Team, a 1min20s644
11º) Daniel Lenzi (Honda), Grin Jets Superbike Racing Team, a 1 volta
12º) Marcos Salles (BMW), Grin Jets Superbike Racing Team, a 1 volta
13º) Nelson Gonçalves (BMW), SBK Rio, a 1 volta
14º) Elson Tenebra (Kawasaki), BY Tripa Team, a 1 volta
15º) Marcelo Camargo (Suzuki), Cigano Racing, a 2 voltas
16º) Carlos Rothie (BMW), SBK RIO, a 2 voltas

NÃO COMPLETARAM: Eduardo Costa, Victor Braga e Pierre Chofard 
DESCLASSIFICADO: Matthieu Lussiana e Murilo Colatreli

Após 8 etapas as categorias do Moto 1000 GP terminaram da seguinte forma:
GP 600

1º) André Veríssimo – 127 pontos
2º) Rafael Bertagnolli – 125 pontos
3º) Adrian Silveira – 106 pontos
4º) Gustavo Ceccarelli – 91 pontos
5º) Gilvan Costa – 67 pontos
6º) Diego Nunes Moyses – 58 pontos
7º) Carlos E. F. Colocci – 56 pontos
8º) Fábio Neto – 54 pontos
9º) Fernado Lira – 32 pontos
10º) Raoni Farfan – 30 pontos
11º) Edson Fibla – 26 pontos
12º) Babi Paz – 22 pontos
13º) Lucas Nunes – 22 pontos
14º) Bernardo Kochen – 20 pontos
15º) Fabrício Castro – 16 pontos
16º) Rodrigo Souza – 11 pontos
17º) Ademilson Peixer – 11 pontos
18º) Felipe G. Caporali – 10 pontos
19º) Antonioo Franzen – 10 pontos
20º) Giomar Milani – 8 pontos
21º) Igor Érnica – 5 pontos
22º) Genildo B. da Silva – 4 pontos
23º) Marcos Souza – 4 pontos
24º) Diego G. de Faria – 3 pontos
25º) José Moraes – 3 pontos
26º) Walter Pimental – 1 pontos

GP LIGHT

1º) Lucas Barros – 156 pontos
1º) Nickolas Iatauro - 139 pontos
3º) André Paiato - 78 pontos
4º) Renato Andreghetto - 77 pontos
5º) Gustavo Herrera - 70 pontos
6º) Pablo Nunes Moyses - 64 pontos
7º) Everton Felizardo - 60 pontos
8º) Paulinho Kamba - 58 pontos
9º) Daniel G. Mendonça - 43 pontos
10º) Marcelo Cortes - 42 pontos
11º) Joniran Saling - 36 pontos
12º) Alex Pires - 36 pontos
13º) Flávio Sukar - 28 pontos
14º) Taciano Nunes - 26 pontos
15º) Francisco Snoeck - 20 pontos
16º) Rodrigo Sampaio - 15 pontos
17º) Wesler Godoy - 15 pontos
18º) Rafael Nunes - 10 pontos
19º) Marlon Felizardo - 9 pontos
20º) Benner Martins - 9 pontos
21º) André Escomparim - 8 pontos
22º) Tiago Pavanelli - 7 pontos
23º) Henrique Castro Araújo - 6 pontos
24º) Ricardo Miguel Negretto - 6 pontos
25º) Fabiano Hazan - 5 pontos
26º) Rodrigo Souza - 4 pontos
27º) Edson Luiz - 3 pontos
28º) Bruno Herbert - 2 pontos
29º) Rodrigo Araujo - 1 pontos

GP 1000

1º) Luciano Ribodino - 128 pontos
2º) Alan Douglas - 124 pontos
3º) Pierre Chofard - 111 pontos
4º) Murilo Colatreli - 74 pontos
5º) Ricieri Luvizotto - 70 pontos
6º) Carlos Medeiros - 51 pontos
7º) Alberto Braga - 46 pontos
8º) André Carvalho - 36 pontos
9º) Victor Moura - 35 pontos
10º) Eduardo Costa Neto - 35 pontos
11º) Rhalf Lo Turco - 29 pontos
12º) Leandro Mercado - 28 pontos
13º) Sérgio Laurentys - 28 pontos
14º) Alexandre Barros - 27 pontos
15º) Marcos Salles - 25 pontos
16º) Danilo Lewis - 24 pontos
17º) Gustavo Rodriguez - 22 pontos
18º) João Simon - 20 pontos
19º) Elson Tenebra - 15 pontos
20º) Eliandro Simonini - 15 pontos
21º) Daniel Lenzi - 7 pontos
22º) Victor Braga - 5 pontos
23º) Levy Mendes - 3 pontos
24º) Nelson Gonçalves - 3 pontos
25º) Walter Haertel Jr. - 2 pontos
26º) Diego Perluigi - 2 pontos
27º) Matthieu Lusiana - 2 pontos
28º) Carlos Quintas - 1 ponto
29º) Marcelo Camargo - 1 ponto