GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Corrida eletrizante da equipe Gusttavo Lima Racing/Rsports na 4ª etapa do Mercedes-Benz G. Challenge

Os pilotos fizeram bonito na prova no Autódromo de Interlagos. A próxima etapa será no Autódromo de Curitiba no dia 08 de setembro, na cidade de Pinhais (PR).

Raphael Teixeira

São Paulo, SP, 18 de agosto de 2013 - Na quarta etapa do campeonato monomarca, Mercedes-Benz Grand Challenge, foram 45 minutos de disputas acirradas e a equipe Gusttavo Lima Racing/Rsports Racing, de São Caetano do Sul (SP), brilhou na pista de 4.309 metros do Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. O time que conta com cinco pilotos em quatro máquinas da Mercedes-Benz C250 Turbo. Após a largada que aconteceu às 11h, o vencedor foi Neto De Nigris (#11) entre os 16 carros do grid. 

Pela equipe Gusttavo Lima Racing/Rsports Racing, Edson Coelho Jr #99 foi o quarto colocado no pódio da etapa paulista. "Na largada houve um toque na minha frente e fiquei preso, não consegui escapar da confusão, por isso, cai para a sexta posição. Depois disso, o carro começou a apresentar um problema de entrar em modo de segurança e cortar o turbo. Isso se repetiu por inúmeras vezes durante a prova, então até eu conseguir entender o que acontecia e tentar contornar o problema perdi algumas posições. Os 50 kg a mais no carro que fui obrigado a levar também atrapalharam um pouco. Mas, por fim, levando em conta tudo isso foi um bom resultado", destacou o piloto de João Monlevade (MG) da Fiolux, Nestlé, EMC Sistemas, Neide Buffet e AvantGarde Motors.

O piloto de Valinhos, Fernando Amorim Jr. (Fiolux/Serwal) # 88, fechou o dia na 6ª posição de largada. "Meu carro foi melhorando ao longo da corrida, cada vez mais rápido. Na parada obrigatória, levei um toque, fui empurrado e acabei saindo antes do tempo previsto. Por isso, levei uma penalização e fui obrigado a passar pelo box, no retorno cai para oitavo e recuperei duas posições. Foi uma corrida trabalhosa, na próxima vamos para cima novamente e sempre com o objetivo de pódio e vitórias", contou Fernando Amorim Jr.

O dia não foi de bons resultados para a dupla do carro 37 Raphael Teixeira e Beto Santos, equipe Gusttavo Lima Racing/Rsports Racing. Beto esteve no comando do veículo na primeira parte da prova, largou da 11ª posição. "No início da corrida vinha em um ritmo satisfatório e conseguia acompanhar bem o pelotão, próximo da parada obrigatória o carro apresentou o problema com o acelerador, busquei manter na pista apenas utilizando os freios até a entrada no box e aproveitar a troca de pilotos para tentar solucionar o problema, o tempo foi curto e a equipe não conseguiu arrumar", explicou o piloto paulista da SBS Corretora.

Nessas condições o piloto estreante Raphael Teixeira não conseguiu levar o carro até a bandeirada final. "Tentei dar algumas voltas para ver se conseguiria virar algum tempo, mas sem sucesso, começou a ficar perigoso continuar e resolvi abortar faltando sete voltas para o final da corrida. Um final de semana para ser esquecido", lamentou o goiano que conta com o patrocínio do cantor Gusttavo Lima, Corneta Ferramentas, Itatiaia Mercedes, NoRisk e Grupo Biriba.

O sistema elétrico volta a incomodar Beto Rossi durante a quarta etapa. "Tinha tudo para brigar por um resultado melhor, mas tive que parar por cinco vezes para religar o carro. Durante os treinos de ontem achávamos que havíamos encontrado a solução para esse drama que nos persegue há duas etapas. Mesmo assim, fiquei satisfeito com os pontos alcançados. Na próxima etapa em Curitiba a história pode ser outra, pois é o circuito que mais andei", finaliza o piloto da Metal Tampos Ltda, Blindarte, Neobus, Pancrom _Indústria Gráfica, Jaia, LDS - Executive, Grupo JNE Info Store, SCO Tebas, CRM Medic, Besser Caminhões, Evora Corretora e Divena Mercedes.

Resultado da quarta etapa:

1- Neto De Nigris - 23 voltas em 45min59s727
2- Marcio Campos - a 5s746
3- Rubens Tilkian - a 7s023
4- Edson Júnior - a 7s841
5- Leo De Nigris - a 27s410
6- Fernando Amorin Júnior - a 29s656
7- Arnaldo Diniz - a 32s501
8- Peter Gottschalk - a 34s960
9- Peter Gottschalk Júnior/Marcos Paioli - a 35s206
10- Linneu Linardi - a 1min07s513
11- Betinho Sartório - a 1min47s668
12- Roberto Santos - a 3min47s555
13- Cesare Marrucci - a 1 volta
14- Rafael Zapelini - a 1 volta
15- Beto Rossi - a 1 volta
16- Raphael Teixeira/Beto Santos - a 7 voltas

Classificação do campeonato, após três etapas:

1º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 68
2º) Márcio Campos (RS), Sicredi Racing, 61
3º) Rubens Tilkian (SP), Dragão Motorsport, 58
4º) Edson Coelho Júnior (MG), RSports, 43
5º) Amorim Júnior (SP), Fiolux-RSports, 36
6º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Dragão Motorsport, 33
7º)Cesare Marrucci (SP), WRacing, 29
8º) Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, 29
9º) Peter Gottschalk Júnior (SP), Paioli Racing, 26
10º) Peter Michael Gottschalk (SP), PaioliRaing, 26
11º) Leo de Nigris (SP), 21
12º) Roberto Santos (SP), Della Via, 19
13º) Betinho Sartório (ES), Della Via, 17
14º) Linneu Linardi (SP), SBC Trans, 15
15º) Rafael Zapelini (SC), Rodoerre Racing, 15
16º) Beto Rossi (SP), Della Via, 14
17º) Fernando Júnior (RS), WRC, 13
18º) Raphael Teixeira (GO), Gusttavo Lima Racing/Rsports, 9
19º) Beto Santos (SP), Gusttavo Lima Racing/RSports, 9
20º) Jorge Tamake Júnior (SP), Paioli Racing, 4

Calendário - Mercedes-Benz Grand Challenge:

Etapa 1 - 05 de maio - Circuito Anhembi - São Paulo (SP)
Etapa 2 - 23 de junho - Curitiba (PR)
Etapa 3 - 28 de julho - Tarumã (RS)
Etapa 4 - 18 de agosto - Interlagos (SP)
Etapa 5 - 08 de setembro - Curitiba (PR)
Etapa 6 - 06 de outubro - Tarumã (RS)
Etapa 7 - 03 de novembro - Santa Cruz do Sul (RS)
Etapa 8 - 08 de dezembro - Interlagos (SP)

Assessoria de Imprensa:
SIG Comunicação
Silvana Grezzana Santos
+55 (11) 5016-6113 /99972-6966