GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

GT Open: Na briga pelo título, Suzuki e Razia disputam penúltima etapa da temporada em Monza

No mais rápido circuito do calendário, brasileiros vão à pista de olho na liderança do certame de pilotos e de equipes na categoria GTS depois do duro revés sofrido em Spa-Francorchamps. Além da briga pela taça, o destaque fica com o grid cheio, com previsão de 33 carros neste fim de semana


A temporada 2013 do International GT Open vive dias de decisão. Afinal, restam apenas duas etapas para o fim de um campeonato extremamente equilibrado, e muita coisa ainda pode acontecer. Neste fim de semana (4, 5 e 6), o tradicional circuito de Monza recebe a categoria para a sétima etapa do ano, que pode definir os rumos do certame. Para o GT Open, o retorno ao autódromo italiano representa uma volta às origens, porque foi lá que foi realizada a primeira corrida da história da categoria, em abril de 2006. Para a equipe italiana Bhai Tech, a rodada de Monza significa uma chance de ouro para avançar na briga pelo título da categoria GTS (GT3) tanto na disputa de pilotos quanto das equipes.

Apesar do revés sofrido no complicado fim de semana da etapa de Spa-Francorchamps, realizada no começo de setembro, a esquadra continua em boa posição nos dois campeonatos. Na disputa entre os pilotos, o brasileiro Rafael Suzuki e o italiano Giorgio Pantano ocupam a terceira colocação, com 38 pontos, apenas um a menos do vice-líder, Miguel Toril, e quatro em relação ao líder da tabela, Lorenzo Bontempelli. Na briga pela taça entre as equipes, a Bhai Tech ocupa a segunda posição, com 63 pontos, somente dois atrás da Kessel Racing. Com 40 pontos ainda em disputa, a luta pelo título dos dois campeonatos segue aberta e absolutamente imprevisível. Seis duplas representantes de cinco marcas diferentes (Ferrari, Mercedes, McLaren, Porsche e Aston Martin) estão separadas por apenas 12 pontos, o que prova a grande competitividade do campeonato.

Para se aproximar ainda mais do título, a equipe italiana, baseada em Padova, conta com alguns trunfos: além do McLaren MP4-12C, que se adequa perfeitamente às características do veloz circuito de Monza, a Bhai Tech tem também a experiência dos seus pilotos. Pantano e a dupla do carro #66, formada pelo brasileiro Luiz Razia e pelo neozelandês Chris van der Drift, já disputaram inúmeras provas no traçado de 5.793 metros, enquanto Suzuki jamais correu em Monza, mas foi lá que, no começo do ano, guiou pela primeira vez o carro da McLaren, além de ter participado de um teste particular na semana passada.

Na visão de Suzuki, a etapa de Monza pode ser bastante favorável à Bhai Tech por vários sentidos. Primeiro, por conta da esperada boa performance do McLaren MP4-12C nas curvas de alta velocidade do circuito italiano. E também pelo fato de as duas duplas abrirem o fim de semana sem ter a necessidade de pagar handicap (tempo acrescido no pit-stop devido ao resultado da última etapa). Desta forma, o clima que antecede a penúltima etapa da temporada é de otimismo, mas também de pé no chão. No fim das contas, o objetivo é fechar o domingo com o máximo de pontos e seguir para a rodada de Barcelona, que encerra a temporada, em boas condições de título nos dois campeonatos.

Além da batalha pelo título da classe GTS, o International GT Open terá como grande atração o extenso grid, que será composto por nada menos do que 33 carros — novo recorde na temporada —, o que reforça a importância e o interesse de pilotos e marcas na categoria. Entre eles, o brasileiro César Ramos também disputará a etapa a bordo de uma Ferrari F458 da Kessel Racing.

As atividades de pista começam nesta sexta-feira com a realização de duas sessões de treinos livres, cada uma com uma hora de duração. No sábado, o cronograma será bastante intenso, já que serão realizadas as tomadas de tempo que vão definir o grid de largada das duas corridas do fim de semana. Ainda no sábado, será disputada a primeira prova, com duração de 70 minutos. A disputa da corrida 2, com tempo previsto de 50 minutos, está marcada para domingo, fechando assim a sétima etapa da temporada 2013 do International GT Open.

Transmissão:
As corridas podem ser vistas ao vivo pela internet no site https://www.youtube.com/GTOPENseries às 11h15 de sábado e às 7h10 de domingo (horários de Brasília). O canal por assinatura BandSports também transmitirá as corridas, sendo que a de sábado será exibida em VT às 12h30, enquanto a corrida final em Monza será ao vivo, a partir das 7h10 do domingo.

Rafael Suzuki:
"Monza é uma pista que gosto bastante e onde já fiz dois testes com o McLaren neste ano. Os motores turbo têm bom rendimento em alta velocidade, então acredito que vamos andar bem. Pelo fato de estarmos na reta final do campeonato e com vários pilotos na briga pelo título, o mais importante será somar o máximo de pontos para chegar em uma boa posição em Barcelona."

Programação para Monza (horários de Brasília):

Sexta-feira (4):
5h35 às 6h35 - Treino livre 1
10h05 às 11h05 - Treino livre 2

Sábado (5):
4h às 4h20 - Classificação 1
6h10 às 6h30 - Classificação 2
11h15 - Corrida 1 (70 minutos)

Domingo (6):
7h15 - Corrida 2 (50 minutos)


Jornalistas responsáveis
Mariana Viegas / Fernando Silva