GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 15 de abril de 2014

1ª etapa Supermoto Brasil Cup 2014

Adelmo Vieira
Registro, no Vale do Ribeira, foi o palco escolhido para a abertura do Supermoto Brasil Cup 2014. A cidade registrou nesse domingo, 13 de abril, um bom número de piloto. A previsão era de chuva e ainda tinha outros dois campeonatos (motocross e motovelocidade) na mesma data, mas os pilotos compromissados com o Supermoto compareceram e deram um show para o
público presente.

A Sm3 Pró foi a categoria com o maior número de pilotos inscritos e Adelmo Vieira foi o grande vencedor. Adelmo largou na ponta e no meio da corrida caiu e foi para a quarta posição. Alex Pavaneli assumiu a liderança até a penúltima volta, com Herbert Zangrossi em segundo. Numa disputa por posição, Alex e Herbert caíram, Adelmo assumiu a liderança novamente, dessa vez com Felipe Teixeira em segundo. Alex Pavaneli finalizou a corrida em terceiro, Herbert Zangrossi em quarto e Gilson Viscardi e quinto. O destaque da categoria ficou para Rafael Velasco. Como não tinha outros competidores da sua categoria, o menino de apenas 11 anos largou com os adultos e deu um show de pilotagem, a bordo da sua ttr 125cc.

Na categoria Sm3A Wilson Guimarães largou na ponta seguido por Roberto Gazquez em segundo e Khadun Lima em terceiro. Gazquez tentou ultrapassar o líder mas caiu, foi se recuperando, assumiu a segunda posição novamente e ao encostar a pedaleira da sua moto no chão foi mais uma vez ao solo. Resultado final: Wilson Guimarães em primeiro, Roberto Gazquez em segundo, Marcelo Caetano em terceiro, Khadun Lima em quarto e Fernando Zangrossi em quinto.

Pouco antes das categorias importadas o tempo virou e os pilotos que optaram por pneus de chuva tiveram vantagem. As disputas ficaram mais acirradas e a pista mais perigosa.

Na SM4, o único piloto que optou por pneus de chuva e acertou em cheio foi Anderson Tio Fornielles, que venceu a corrida de ponta a ponta. Os outros pilotos tiveram que andar com mais cautela, pois andar com pneu slick na chuva não é uma tarefa fácil. Completando o pódio vieram Emerson Menezes em segundo, Uanderson Menezes em terceiro, Beto Vieira em quarto e Ranieri Brasil em quinto.

A briga na Sm2 foi muito boa. Luciano Rodriguez fez a pole, mas Bruno Campanatti tinha a preferência da primeira curva e na largada já assumiu a ponta. Na segunda volta Luciano assumiu a liderança, tentou imprimir um ritmo forte e caiu. Bruno Campanatti era o único piloto com pneu slick e não conseguiu segurar a posição. Resultado final: Francisco Foz em primeiro, Luciano Rodriguez em segundo, Bruno Campanatti em terceiro, Thyrson Rodriguez em quarto e José Ferreira em quinto.

Na categoria principal (SM1) Kleber Augusto (#44) da equipe Master Supermoto Sports venceu de ponta a ponta somando importantes pontos no campeonato, tendo seu companheiro de equipe Igor Varone (#33) na segunda colocação, Fernando Orsi (#138) foi o terceiro e Cleber Guimarães (#145) o quarto. A corrida foi emocionante pois além das grandes disputas que sempre acontecem neste tipo de corrida havia um tempero ainda maior para esta, já que as condições da pista eram incertas. 

Dada a largada, Kleber Augusto arriscou tudo para manter sua posição, deixando o piloto Cleber 
Guimarães (#145) mais para o seu companheiro de equipe Igor Varone (#33) que fez ótima largada assumindo a 3º posição e indo para cima de Cleber (#145), porém o piloto sofreu uma queda ainda na 1º volta deixando caminho livre para a equipe (Master Supermoto Sports) fazer a dobradinha na frente.
Fernando Orsi (#138) foi o 3º colocado e acertou na escolha dos pneus já que foi o único piloto a optar pelos pneus para pista seca, com isso ele tirou a diferença para Igor Varone (#33) e faltando 2 voltas para o fim protagonizando uma linda disputa onde os mesmos chegaram até a se tocar, porém Igor Varone (#33) se manteve à frente garantindo a dobradinha de sua equipe, o 4º colocado foi Cleber Guimarães (#145) que depois da queda levantou sua moto e garantiu alguns pontos no campeonato.

“não sei o que é pior...se andar de pneus slick na chuva ou de pneus de chuva no seco. Foi uma prova muito difícil, a minha maior disputa foi com a moto”, declarou Kleber Augusto, o grande vencedor da prova.



Assessoria de imprensa: Daniella Velasco

Fotos: Factormedia

Patrocínio: Tutto Moto / Shoei e Serve Peças. Co-patrocínio: America Sports / R2L / RB5 / Laser Tech / Stocovich / Impacto Suspencion e Zeus Capacetes. Organização: Race Promoções e Eventos.