GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 8 de abril de 2014

Seletiva de Kart Petrobras apresenta programa para orientação a jovens pilotos em sua 16ª edição

Treino com equipe na Europa, experiência em um simulador de F-1 e acompanhamento físico e de capacidade de concentração são algumas das ações de projeto exclusivo, que amplia o apoio da Seletiva de Kart Petrobras à base do automobilismo nacional, preparando jovens pilotos para novos desafios

Binho Carcasci, Claudio Thompson
 e Paulo Carcasci (da esquerda para a direita)
Com 15 anos de existência, a Seletiva de Kart Petrobras é o principal torneio de incentivo à base do automobilismo nacional e que distribui a maior premiação. Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a competição já reuniu mais de 150 pilotos em suas finais num verdadeiro vestibular das pistas, envolvendo os maiores pilotos
do kartismo no país. O evento também já passou por 16 estados e 30 cidades do Brasil.

Em 2014, o torneio se prepara para o início de sua 16ª edição, com a primeira etapa classificatória - a Copa Petrobras Sorriso Campeão - agendada para o dia 17 de maio no kartódromo de Aldeia da Serra, em São Paulo, onde pelo 12º ano acontecerá a ação social Sorriso Campeão, beneficiando os mecânicos e seus familiares com tratamento odontológico gratuito. O torneio também segue com o apoio da MG Pneus e da Birel Sudam, que fornece há mais de 10 anos os chassis para a final do evento.

E, para marcar o início de uma nova fase, os organizadores da Seletiva de Kart Petrobras anunciaram algumas mudanças e apresentaram um exclusivo e inovador programa para a orientação a pilotos no Brasil. O objetivo é ampliar o apoio do evento à base do automobilismo, diante da crescente dificuldade para o surgimento de novos pilotos no país, capazes de chegar ao topo. E os motivos para isso são muitos: a falta ou ausência de acompanhamento especializado, as diversas categorias disponíveis na Europa e Estados Unidos, a inexistência de uma categoria de base nacional, entre outros. As novidades foram divulgadas nesta terça-feira (dia 8), durante coletiva de imprensa, em São Paulo.

Na parte esportiva, a Seletiva de Kart Petrobras terá quatro etapas classificatórias e não seis como nos últimos anos. As provas acontecerão em São Paulo (Aldeia da Serra e Itu, esta última junto com o Brasileiro de Kart), Maranhão (São Luís) e Goiás (Itumbiara, junto com a Copa Brasil de Kart). Serão três vagas por etapa, mantendo 12 finalistas na decisão, marcada para os dias 27, 28 e 29 de outubro. Concorrerão às vagas pilotos das categorias Graduados, com idade entre 15 e 18 anos. Em virtude do novo formato do projeto, que prevê um treino com monopostos na Europa, a idade sobe de 14 para 15 anos completados no ano de realização da edição. Ex-campeões seguem sem poder concorrer a uma nova premiação.

A premiação do evento também muda, mas mantém a Seletiva de Kart Petrobras como o torneio com o maior prêmio da modalidade no país. Com o novo programa, o valor estimado sobe para 250 mil reais, distribuídos da seguinte forma:

Campeão: 60 mil reais
Troféu Lubrax: 5 mil reais para o melhor estreante na final
Troféu Melhor Mecânico: 1,5 mil reais 
Programa de orientação para os quatro primeiros classificados

Binho Carcasci, idealizador da Seletiva de Kart Petrobras, e Paulo Carcasci, heptacampeão brasileiro de kart e diretor técnico do evento, foram os responsáveis pela formatação do novo projeto, que terá total apoio da Petrobras e Petrobras Distribuidora.
"A Petrobras, além de utilizar as competições automobilísticas como laboratórios para desenvolvimento de seus produtos, sempre procurou apoiar o desenvolvimento do automobilismo brasileiro, participando de todos os seus segmentos - protótipos, kart, turismo, rally, caminhões e fórmula - através de alguns dos seus campeonatos, ao invés do caminho de patrocínio individual a pilotos", comenta Claudio Thompson, gerente de patrocínios esportivos da Petrobras.

"Após uma rápida pesquisa com vários ex-kartistas, foi possível observar que, uma melhor formação e orientação eram mais importantes do que, apenas, um prêmio em dinheiro. Assim, sem esquecer a parte monetária, que sempre ajuda, é exatamente este melhor preparo, não só técnico, como comportamental, que procuraremos dar a um número maior de kartistas, com este novo formato de premiação da Seletiva de Kart Petrobras, esperando, assim, contribuir com a futura carreira dos jovens pilotos brasileiros", destaca Thompson.

Binho Carcasci reforça as palavras do executivo da Petrobras. "A premiação em dinheiro, que a Seletiva sempre ofereceu, é uma parte importante na conquista do título, mas há algum tempo sentimos que, mesmo com o dinheiro em mãos, os pilotos não sabiam o melhor caminho a seguir, tinham muitas dúvidas e por vezes não acabavam aproveitando o prêmio da melhor forma possível. Vamos continuar com a premiação em dinheiro para o vencedor, mas vamos dar a oportunidade dos quatro primeiros viverem uma experiência nova e enriquecedora, que dará a eles um panorama mais completo do que os aguarda no prosseguimento de suas carreiras", conta Binho.

O programa será dividido em algumas ações: 

Ações Técnicas: Simulador de Fórmula 1, treino em uma equipe de monoposto - categoria de base - na Europa, acompanhado por um coach, vivência de um dia na oficina da equipe, participação no Mitsubishi Racing Experience com o ex-piloto Ingo Hoffmann no Brasil;

Ações Física e de Capacidade de Concentração: avaliação e acompanhamento físico e psicológico com o preparador Nuno Cobra Jr.;

Ações de Marketing: lições sobre marketing esportivo e media training.

"Antigamente, o piloto que visava chegar à Fórmula 1, tinha um caminho na Europa com duas ou três opções. Hoje, são várias categorias e caminhos a seguir. Sem orientação profissional, são grandes as chances de gastos mal feitos, desilusões financeiras e frustrações pessoais", reforça Paulo Carcasci, um dos maiores campeões do kartismo nacional, com sete títulos Brasileiros, e que será o responsável pelo trabalho de coach com os pilotos na Europa.

Antes do teste com a equipe de base na Europa, os pilotos terão um dia de trabalho junto com o time, para entender e adquirir uma base para o conhecimento teórico sobre todo o funcionamento e potenciais de ajustes de um monoposto de competição, acompanhado por todo o staff técnico da equipe. No dia do treino, o objetivo é os pilotos conhecerem o funcionamento do carro e como interagir com uma equipe de competição de alto nível.

Ainda na Europa, eles terão contato com um simulador de Fórmula 1, para mostrar aos pilotos a realidade de seus sonhos e apresentar as necessidades para alcança-los.

No Brasil, eles também viverão um dia especial, ao lado de um dos maiores nomes do automobilismo do país: Ingo Hoffmann. A experiência será realizada no autódromo Velo Città, no interior de São Paulo, com carros do modelo Lancer Evo R, dando aos pilotos novos conhecimentos de direção esportiva por se tratar de carros do tipo "turismo", aumentando a capacidade individual de enfrentar novas situações na carreira. Ao final do curso, os pilotos estarão aptos a requerer a carteira de piloto profissional de pista, categoria PGCB, junto à CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo).

Na parte física e psicológica, eles participarão de um programa de avaliação e acompanhamento físico e psicológico com o especialista Nuno Cobra Jr. Serão realizados testes regulares para inicialmente averiguar a capacidade aeróbica e posteriormente medir a evolução dos pilotos, de forma a otimizar a condução do treinamento e o controle dos resultados.

Os pilotos também passarão por um media training, que abordará a importância da boa comunicação com a imprensa, em português e em inglês, com ensinamentos e práticas orientadas no tema. E ainda terão uma palestra com o publicitário Fernando Julianelli, diretor de marketing da Mitsubishi Motors do Brasil, que apresentará noções de marketing esportivo, destacando a importância do bom relacionamento com patrocinadores.

"Queremos preparar os pilotos para novas experiências, apresentar as dificuldades e necessidades relacionadas à carreira, mostrando um panorama completo do automobilismo de base, no Brasil e na Europa, quebrando paradigmas e pré-conceitos sobre o automobilismo profissional", conclui Binho.

Confira o calendário da 16ª edição da Seletiva de Kart Petrobras:

Fase Classificatória
17 de maio - Copa Petrobras Sorriso Campeão - Aldeia da Serra / SP
2 de agosto - Itu / SP (Campeonato Brasileiro de Kart)
20 de setembro - São Luís /MA
11 de outubro - Itumbiara / GO (Copa Brasil de Kart)
Final
27, 28 e 29 de outubro - Local a ser confirmado

Mais informações: www.seletivadekartpetrobras.com.br

Informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Caio Scafuro
Tel. (11) 3473.4841/4845
fernanda@fgcom.com.br /beatriz@fgcom.com.br / caio@fgcom.com.br