GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Em novo passo na carreira internacional, Pedro Piquet disputa temporada 2018 da GP3 pela equipe Trident

Brasileiro estreia na categoria no próximo fim de semana em Barcelona
Pedro Piquet

O piloto brasileiro Pedro Piquet disputará a temporada deste ano da GP3, uma das categorias de acesso à Fórmula 1, pela equipe italiana Trident. Pedro, que já havia participado dos testes de pré-temporada pelo time, assinou contrato de um ano.

A estreia de Pedro Piquet será no próximo fim de semana, na

rodada dupla a ser realizada no circuito espanhol de Barcelona, o mesmo no qual o brasiliense tomou contato com o carro da Trident e andou sempre entre os primeiros colocados.

Na GP3, Pedro vai pilotar um carro Dallara com motor Mecachrome, modelo que estreou na categoria em 2016. Assim como na Fórmula 1 e na Fórmula 2, os carros contam com o dispositivo da asa móvel.

Criada em 2010, a categoria teve cinco dos oito campeões chegando posteriormente à Fórmula 1: Esteban Gutierrez, Valtteri Bottas, Daniil Kvyat, Esteban Ocon e Charles Leclerc. Destes, Kvyat e Ocon já correram na principal categoria no ano seguinte.

Cada fim de semana da GP3 tem formato idêntico ao da Fórmula 2, sempre com duas corridas, no sábado e domingo, com a segunda prova tendo grid invertido em relação aos oito primeiros da corrida inicial.

O sistema de pontuação também é igual ao da Fórmula 2, com os dez primeiros pontuando no sábado, com quatro pontos extras para o pole position e dois para o autor da volta mais rápida, e os oito melhores somando no domingo, com bonificação de dois pontos para quem fizer a melhor volta.

Pedro, de 19 anos, foi campeão da Copa Brasil de kart antes de estrear nos monopostos, em 2014. De cara, Piquet foi bicampeão da Fórmula 3 Brasil pela equipe Cesário. O começo da trajetória na Europa foi em 2016, e o brasiliense disputou duas temporadas na FIA F3 Euro, pela Van Amersfoort.



O que disse Pedro Piquet:

"Estou muito feliz por ter assinado com a Trident, o ambiente é muito bom. Olhando pelos resultados do ano passado, eles ficaram em segundo no campeonato de equipes da GP3, com os pilotos em quinto, sétimo e oitavo na classificação geral, e os competidores da ART Grand Prix nas primeiras posições. É cedo para falar em resultados, mas se focarmos e ficarmos todas as corridas entre os oito primeiros colocados, pelo menos na primeira prova de cada fim de semana, para largarmos na frente na segunda prova, é possível marcarmos bons pontos e considero essa uma projeção realista"



Calendário:

12 e 13/5 - Barcelona (Espanha)
23 e 24/6 - Paul Ricard (França)
30/6 e 1º/7 - Spielberg (Áustria)
7 e 8/7 - Silverstone (Inglaterra)
28 e 29/7 - Hungaroring (Hungria)
25 e 26/8 - Spa-Francorchamps (Bélgica)
1º e 2/9 - Monza (Itália)
29 e 30/9 - Sochi (Rússia)
24 e 25/11 - Yas Marina (Abu Dhabi)



Especificações do carro:

Modelo: Dallara GP3/16
Velocidade máxima: 300 km/h
Motor: Mecachrome de 3,4 litros e seis cilindros
Câmbio: seis marchas com paddle shift
Potência: 400 cavalos
Combustível: Elf
Capacidade do tanque: 65 litros
Comprimento: 4,620 mm
Largura: 1,872 mm
Entreeixos: 2,880 mm



CONTATO
Luis Ferrari
imprensa@nelsonpiquet.com
11 98666.8307