GO-SBR

Esporte a motor em Goiás, no Brasil e no Mundo

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Stock: Vitória de Fraga na corrida principal e pódio duplo de Serra acirra disputa pelo título

Piloto da Cimed Racing conseguiu uma importante vitória em seu 100º GP na categoria e duelo contra líder do campeonato fica ainda mais acirrado

Largada da corrida 1
Largada da corrida 1
A nona etapa da Stock Car, disputada hoje, no belo autódromo de Velo Città, no interior de São Paulo, deixou a luta pelo título ainda mais acirrada entre os dois líderes do campeonato: Felipe Fraga, da equipe Cimed Racing, venceu a corrida principal, mas viu o ponteiro Daniel Serra conseguir um pódio duplo nas
duas provas realizadas em Mogi Guaçu.

Com o bom rendimento dos dois, eles dispararam na classificação do campeonato: o atual campeão tem 234 pontos e Fraga subiu para 217 – apenas 17 pontos separam os dois, enquanto o terceiro colocado, Cacá Bueno, está a 71 pontos de Serra.

“Esta vitória foi muito especial aqui no Velo Città por ser minha corrida 100 e, principalmente, por seguir ainda mais forte na disputa pelo título do campeonato com a Cimed Racing. Agradeço todos do box, o nosso pit-stop foi perfeito e vamos seguir na luta pelo bicampeonato", diz Fraga, que foi campeão da Stock Car em 2016. Na prova 2, ele foi o sexto colocado.

Com os resultados deste domingo, Fraga chega a 15 vitórias na Stock Car e ao seu 23º pódio, números estes que foram atualizados na placa de 100 GPs em homenagem ao piloto. A homenagem foi feita pela própria Cimed Racing.  A equipe ainda comemorou o terceiro lugar de Cacá Bueno, que chegou ao seu quarto pódio na temporada.

"Foi um resultado bom para o campeonato, largar por fora é sempre difícil e acabei perdendo umas posições no início. Eu consegui recuperar algumas posições na pista, como foi com o Julio Campos, e aproveitei os problemas de outros pilotos para chegar em terceiro. Ainda consegui administrar um pouco o carro nas voltas finais", diz Cacá, que venceu neste ano no Velopark.

O domingo da Cimed Racing poderia ter sido ainda melhor com Marcos Gomes, que era o pole position e liderou a corrida 1 até ser chamado aos boxes pelos comissários por causa de um problema na luz de freio. “Foi um final de semana onde fomos os mais rápidos em todos os treinos classificatórios, no Q1, Q2 e Q3 e fizemos a melhor volta nas duas provas. Mas infelizmente estas coisas acontecem em corrida e agora é focar na recuperação em Londrina”, diz Gomes, campeão de 2015 e hoje 12o na prova 2 depois de largar em último.

Cacá Bueno também não pode participar da prova 2 por conta do problema da luz de freio, mas no caso do pentacampeão ficou evidente pelas imagens de TV que ela estava funcionando. “É muito triste ser retirado de uma corrida por conta disso, mas agora é focar no campeonato, no qual ainda temos chances na terceira colocação, só que agora toda prova será decisiva para conseguir tirar pontos do líder”, diz Cacá.

Lucas Foresti esteve perto da pole na corrida 2. "A pancada que eu levei no meu extrator na hora da largada foi o começo do fim para mim. O carro ficou muito instável, muito traseiro, e lutei com todas as minhas forças o quanto pude, de forma limpa, até levar outro toque e estragar tudo de vez", comenta o piloto de Brasília, que durante boa parte da disputa inicial andou em décimo.

A décima etapa do campeonato será disputada em Londrina (PR), no dia 21 de outubro.

Resultado da Corrida 1 – Top-10*:
1. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - 27 voltas
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 2.478
3. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) - a 7.258
4. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 13.434
5. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) - a 14.819
6. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - a 15.072
7. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - a 16.623
8. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - a 17.803
9. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - a 18.960
10. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) - a 23.079

Resultado da Corrida 2 – Top-10*:
1. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - 26 voltas
2. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - a 2.280
3. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 2.656
4. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - a 3.723
5. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - a 6.300
6. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - a 9.381
7. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) - a 11.692
8. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - a 13.540
9. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - a 13.891
10. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) - a 15.091
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato (top-10):

1º Daniel Serra - 234 pontos
2º Felipe Fraga - 217
3º Cacá Bueno - 163
4º Rubens Barrichello - 161
5º Marcos Gomes - 160
6º Max Wilson - 159
7º Julio Campos - 157
8º Átila Abreu - 141
9º Ricardo Zonta - 122
10º Lucas di Grassi - 115